Resenha: O Príncipe das Sombras (Sylvain Reynar) Noites em Florença #0.5

quarta-feira, 18 de março de 2015



Título: O Príncipe das Sombras
Autor: Sylvain Reynard
Edição: 1
Editora: Editora Arqueiro
ISBN: 9788580413649
Ano: 2015
Páginas: 128



Sinopse: O Príncipe das Sombras - Um conjunto muito valioso de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, de Dante Alighieri, é exposto na Galleria degli Uffizi, em Florença. O dono das peças é o famoso professor de literatura Gabriel Emerson. Quando se deixou persuadir por sua amada esposa, Julianne, concordando em dividir com o mundo a beleza daquelas obras de arte, Gabriel jamais poderia imaginar que estaria atraindo para si um poderoso inimigo. Mais de um século antes, aquelas mesmas ilustrações foram roubadas de seu verdadeiro dono, o Príncipe de Florença, uma criatura sobrenatural e misteriosa que governa o submundo da cidade e há muito não sabe o que é o amor. Agora um dos seres mais perigosos da Itália está disposto a recuperar o que lhe pertence e se vingar de Gabriel e Julianne. Mas logo seus planos são frustrados. Um atentado o obriga a deixar os Emersons de lado, afinal ele precisa resolver assuntos muito mais importantes. Tanto seu principado quanto sua própria vida parecem estar em risco. Passado na cidade mais artística da Itália, O príncipe das sombras é uma incrível introdução à nova série de Sylvain Reynard, Noites em Florença, e vai deixar os leitores com gostinho de quero mais. 



                    O Príncipe das Sombras é o prequel da série Noites em Florença de Sylvain Reynard, publicado no Brasil pela editora Arqueiro. Quem leu O inferno de Gabriel vai ficar feliz em saber que os Emersons aparecem nesse livro.


                       Séculos antes o Príncipe de Florença foi roubado, quando anos depois as gravuras que pertencem a ele são encontradas em posse do professor Gabriel Emerson, ele quer vingança. Um ser sobrenatural e sombrio que está disposto a derramar sangue para ter sua raiva aplacada. Enquanto ele se prepara para matar Gabriel na frente de Julia, o Príncipe é atacado por seres de outro principado, o que o leva a ficar confinado por um tempo só tendo observado o casal de longe. 

                           Esse prequel é todo escrito em primeira pessoa e nosso narrador é o implacável, ferido, frio, besta fera, sensual e tudo de bom Príncipe. 

                              O livro é muito curtinho, cerca de 110 páginas, o resto é um prólogo do primeiro volume da série A Transformação de Raven. Creio que esse primeiro serve principalmente para nos apresentar o personagem principal e um pouco do seu mundo violento e cheio de luxúria. A criaturas da noite parecem ser cruéis e são controladas por um homem que perdeu a alma há centenas de anos e que agora tem contato com um tipo de amor que há anos não lembrava que existia, ao observar Julia ele parece lembrar como é um amor puro, como uma mulher pode ser bondosa e pura. O amor de Julia e Gabriel apesar de não parecer muito acaba por mexer com ele de alguma forma e agora que terá de enfrentar uma guerra seu foco parece ter se virado para outro lugar.

                               Não tem muito o que comentar por que o livro é realmente curtinho, sobre Gabriel e Julia vemos algumas cenas de puro amor entre eles durante o verão antes de começar a narrativa de A Redenção de Gabriel. quando já estão casados e vão a Florença, cenas fofas que já tínhamos visto no terceiro livro são recontadas por um observador que não sabíamos estar presentes, embora Gabriel mencione lá atrás que sentiu certa coisa sombria os observando, sem saber que realmente havia algo sombrio atrás deles.

                                 A capa desse livro é maravilhosa e a diagramação está espetacular com uma foto de Florença a noite nas folhas de rosto e uma gravura de uma pintura clássica no começo. Enfim, boa maneira de começar essa nova série que na minha opinião promete! 

2 Comentários:

Glabelle Maria disse...

E promete mesmo, viu?! Eu li este livro no mesmo dia, tamanha era a minha ansiedade. E agora, tô louca pra ler a continuação..."A Transformação de Raven"!!!

aninha disse...

gosto da escrita do Sylvain Reynard, só li O Inferno de Gabriel, mas amei, escrita segura, história que flui. legal esse prequel, achei o personagem bem enigmático, e essa capa é show! vou procurar lê-lo com certeza!

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D