Resenha: O Treinamento (Tara Sue Me) - A Submissa Livro #03

sexta-feira, 3 de abril de 2015



Título: O Treinamento
Autor: Tara Sue Me
Edição: 1
Editora: Record
ISBN: 9788501036896
Ano: 2015
Páginas: 336



Sinopse: O Treinamento - Nathaniel West é um homem poderoso. Conhecido por sua destreza no mundo dos negócios, também possui habilidades ocultas, reservadas para o tempo que passa com suas submissas. Ele nunca antes havia misturado amor e prazer, optando por viver apenas em um mundo particular de luxúria. Até conhecer Abby. A doce bibliotecária Abigail King sempre teve uma vida sexual frustrada, mas tudo muda quando Nathaniel entra em sua vida. Com ele, seu dominador e mestre, ela descobre um universo de possibilidades — e inúmeros prazeres. Porém, o amor não estava nos planos de nenhum dos dois. O que começou como um acordo de tórridos e libidinosos fins de semana se transformou em um intenso romance entre Abby e um homem que passou a conhecer cada centímetro de seu corpo e de sua alma. Agora, completamente apaixonados, eles precisam enfrentar o desafio de conciliar sua relação como dominador e submissa com a de namorados. Enquanto Abby se depara com novos jogos envolvendo açoites, cordas e mordaças, Nathaniel precisa aprender se aceitar e aliar seus instintos de dominador com seus sentimentos. Os dois juntos se veem obrigados a reescrever as regras do jogo, abandonando inibições, medos e inseguranças, ao se prepararem para uma jornada de intimidade. Nathaniel e Abby irão expor suas emoções como nunca fizeram antes.



                   O Treinamento é o terceiro livro da série A Submissa e sim virou sperie, a autora Tara Sue Me anunciou que além do conto The Chalet irá lançar mais dois livros da série. O três primeiros livros foram lançados no Brasil pela Editora Record, queremos o resto também ok? Eu amo essa série e para quem não sabe, Tara Sue Me foi a inspiração de E.L.James para escrever a fanfic Master of The Universe que deu origem ao fenômeno Cinquenta Tons de Cinza.


                      Abby e Nathaniel voltaram a se relacionar como amantes apaixonados, mas algo está faltando para ambos. A natureza dominadora de Nate sente falta da natureza submissa de Abby e então eles decidem por um arranjo confortável para os dois, durante a semana eles serão os apaixonados namorados e durante os fins de semana Abigail será encoleirada por seu Mestre e eles jogarão nesse mundo BDSM. Como eles irão se ajustar a essa nova rotina? Será que Abby vai falhar nessa nova jornada ou Nathaniel conseguirá castigá-la como sua submissa? É o início de uma caminhada que o casal terá de enfrentar.

                        A narrativa é alternada entre Abby e Nathaniel e dessa vez temos os dois pontos de vista dos personagens. É interessante ressaltar que ambos tem visões diferentes, enquanto Abby me parece ser um pouco mais objetiva nesse livro, Nathaniel ainda é mais sentimental em minha opinião, o que contrasta e desmistifica essa visão de que o Dominador não tem sentimentos. Muito pelo contrário a todo instante ele está ligado a sua submissa e os sentimentos dela vem em primeiro lugar.

                            Eu gosto de acompanhar a evolução dos personagens em qualquer série/trilogia e é impressionante em como os dois personagens evoluíram tanto no aprendizado em BDSM no caso de Abby como na vida romântica no caso de Nathaniel. Outro ponto que chama a atenção embora só seja mencionado uma vez no livro é que ele está fazendo terapia, ainda não sabemos o que ele fala, porém sabemos que Nathaniel tem problemas de confiança, mais uma vez desmistificando a imagem do Dominador, e que morre de medo de perder Abby. O cuidado e o homem apaixonado que ele é aparecem mesmo nos momentos da sala de jogos e a relação dom/sub que eles tem chega muito ao real, é importante ressaltar que a própria autora ao escrever sobre os personagens conversou e pesquisou sobre o assunto a fundo, então para ler O Treinamento é necessário que se esqueça a questão sádica, pois Nathaniel não encontra prazer em machucar Abby deliberadamente, pelo contrário ele morre de medo de passar dos limites e machucá-la. O objetivo aqui do dominador é dar prazer a sua submissa e ela em servir a seu mestre, nesse livro encontraremos também outros tipos de casais no mundo BDSM e veremos que os fetiches podem se modificar de casal para casal.

                          Abby como submissa evoluiu muito, ela desabrochou como mulher, está mais confiante em sua sexualidade e está aprendendo a se comunicar com seu mestre. E mais uma vez a autora desmistifica o esteriótipo, pois no dia-a-dia Abby não demonstra ser submissa, ela não é obediente, muito pelo contrário, ela se mostra sagaz, uma mulher de fibra e independente, totalmente diferente da mulher que ela se torna na sala de jogos, ainda vemos que algumas vezes a natureza independente dela querer aparece nos fins de semana, mas tudo é questão de treino e quando a Abby aparece ao invés de Abigail, a submissa, o mestre está lá para guiá-la e puni-la sempre que necessário.

                             Eu gosto bastante dessa capa, na verdade eu acho que diamantes tem um significado todo especial para esses dois. Gosto da diagramação mais simples. Enfim, ansiosa para quando a Record anunciará o lançamento dos próximos volumes.

2 Comentários:

aninha disse...

que louco ver as fanfics que a gente lia se transformando em livros! ainda não tenho os dois primeiros mas ganhei O Treinamento na página do facebook da série =D recebi um dia desses <3 Abby e Nathaniel amadureceram a relação um com o outro e isso é muito legal de acompanhar, como os personagens crescem mesmo com suas inseguranças. amo que a Tara fez da Abby uma mulher com vontade própria, submissa quando tem que ser e porqu quer ser. a capa é maravilhosa, fiquei babando na minha, simples mas bem trabalhada e tem a ver com o livro. tomara que a editora recorde traga os outros livros. ;) bj!

Fábrica dos Convites disse...

Oi Priscila, conheço a série, mas não tive oportunidade de ler ainda. Gosto do gênero e pelo que tenho acompanhado, vou querer ler. Espero gostar como você.
Bjs, Rose

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D