Resenha: O Milagre (Nicholas Sparks)

segunda-feira, 25 de maio de 2015



Título: O Milagre
Autor: Nicholas Sparks
Edição: 2
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414011
Ano: 2015
Páginas: 288


Sinopseeremy Marsh é um jornalista cético que dedica a vida a investigar e desmentir fenômenos sobrenaturais. Ele está no auge do sucesso, prestes a ir trabalhar na TV, quando recebe uma carta curiosa. Nela, uma senhora relata a ocorrência de luzes estranhas e fantasmagóricas no cemitério de Boone Creek, uma pequena cidade na Carolina do Norte. Farejando uma boa história, Jeremy sai de Nova York e vai passar uma semana lá.Quando começa suas investigações, ele conhece a obstinada Lexie Darnell. Responsável pela biblioteca local, ela está determinada a proteger as pessoas e a cidade que tanto ama - e nem um pouco disposta a confiar no forasteiro. Depois de sofrer pelo término de dois relacionamentos, ela tem duas certezas: a primeira é de que seu lugar é em Boone Creek, e a segunda é de que não se pode acreditar num homem tão sedutor quanto Jeremy.O que ela não imagina é que o jornalista também tem suas feridas. Ele nunca conseguiu superar completamente a dor de seu casamento desfeito e a frustração de saber que jamais poderá ser pai.Enquanto tenta descobrir a verdade por trás das luzes do cemitério, Jeremy tem que desvendar também os próprios sentimentos e se vê diante de escolhas muito difíceis, entre elas a de voltar para a vida que conhece em Nova York ou fazer algo completamente novo: acreditar.O milagre é um romance que explora os maiores mistérios de todos: os do coração.

                Juro que eu tentei. O Milagre foi mais um livro do Sparks que eu li tentando entender o motivo das pessoas gostarem tanto desse autor. Essa edição é a nova capa, do filme, lançada recentemente pela editora arqueiro.


                     Jeremy Marshal é um jornalista científico, isso quer dizer que ele vive para explicar fenômenos sobrenaturais sob a ótica científica. Lexie Darnell é uma bibliotecária que vive uma vida simples numa cidadezinha que fica no meio do nada. Ele mora em Nova York, ela em Boone Creek. Dois mundos completamente diferentes que se encontram quando Jeremy chega a cidade de Lexie para desvendar o mistério de estranhas luzes que acendem do nada em um cemitério dito assombrado. Ele é cético e ela acredita em magia, quem vai sair ganhando nessa disputa?

                           Antes de mais nada preciso descrever minha cara lendo esse livro: 


                         Desculpem a todos os fãs xiitas do tio Nocholas Sparks, mas eita livro mais chato, eita romance que não convence. Não adianta, a narrativa é em terceira pessoa e temos acesso a todos os pensamentos e emoções dos personagens principais, o que nesse caso só me irritou.

                          Lexie escolheu viver em uma cidade do interior e ainda fica estressadinha por que as pessoas não entendem, ela é solteira e se recente por que a avó insiste que ela se case sendo que uma hora fala que quer realmente casar e na outra fala que acha que não quer sofrer a pressão.

                            Jeremy tem autoestima baixa por causa de seu casamento desfeito, ele vive para o trabalho e isso o mantem ocupado. Quando ele chega a cidade logo de cara gosta de Lexie, mas a moça não vai deixar que as coisas sejam fáceis né? 

                            Daí começa uns diálogos chatos sobre preconceito que Lexie tem muito mais do que Jeremy, momentos de ciúmes infundados de um amigo dela, um monte de cenas que deixam você indeciso entre dormir e ficar entediado.


                           
                        Enfim, apesar de azul até a capa desse livro me deixou entediada. A diagramação está ok. Acho que finalmente estou desistindo de Nicholas Sparks, ao menos por enquanto.


| comente (:

aninha disse...

esse foi um dos livros dele que eu consegui terminar. nem tem muito o que falar, mais do mesmo, a mesma coisa. =/ a única parte bonita que me tocou foi o final, sério, achei o final bonito lol sei que tem uma continuação, mas por enquanto, não vou ler agora.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D