Resenha: Sombras Prateadas (Richelle Mead)

quarta-feira, 10 de junho de 2015



Título: Sombras Prateadas
Autor: Richelle Mead
Edição: 1
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765596
Ano: 2015
Páginas: 368
Tradutor: Guilherme Miranda


Sinopse: Sydney Sage arriscou tudo. Ainda infiltrada na organização, trabalhava contra os alquimistas e vivia um romance secreto com o vampiro Adrian Ivashkov. Qualquer deslize poderia trazer tudo por água abaixo, e foi exatamente o que aconteceu: sua própria irmã descobriu seu relacionamento proibido e a denunciou, fazendo com que Sydney fosse capturada pelos seus pares e mandada para a terrível reeducação. Cercada de inimigos e sem saber onde estava ou como sairia dali, Sydney luta para manter sua identidade, sua capacidade de pensar por si mesma e, principalmente, a esperança de que encontrará Adrian novamente.


                 Sombras Prateadas é o quarto livro da série Bloodlines, escrita pela Richelle Mead e publicado no Brasil pela Editra Seguinte. Sou suspeita para falar, pois a Richelle é uma das minhas autoras favoritas, mas Sombras Prateadas me deixou um pouco decepcionada.


                     Sidney Sage foi capturada pelos alquimistas e levada para um centro de reeducação após seu romance com o Moroi Adrian Ivashkov ter sido descoberto. Agora ela está presa e sofre tortura atrás de tortura sem poder se comunicar com ninguém do mundo exterior. Adrian está arrasado, tentando a todo custo se comunicar com Sidney através do Espírito ele acaba se perdendo e voltando a velhos hábitos quando volta a corte a pedido da mãe que acaba de sair da prisão. Eles conseguirão achar o caminho de volta?

                      Vamos a narrativa que mais uma vez é em primeira pessoa com pontos de vista alternados entre Sidney e Adrian, confesso que dessa vez queria apenas a história de Sidney, pois fiquei muito decepcionada com Adrian.

                      Enquanto Sidney se mostra forte, sempre lembrando de Adrian como uma luz na escuridão que passa, drogada, maltratada, subnutrida, a garota leva de choques a torturas psicológicas  sempre pensando que em algum momento se conseguir se livrar da droga para dormir ele conseguirá se comunicar com ela. Enquanto isso Adrian está na corte bebendo e farreando, o tempo inteiro eu só conseguia pensar que todo o progresso que tivemos de Adrian nos outros livros foi tudo por água abaixo, pensei que fosse por conta da loucura do espírito, mas convenhamos que essa loucura foi contornada de modo conveniente em certos momentos do livro.
            
                            Fiquei bastante decepcionada também com a imensa falta de informações e pedaços que ficou faltando na narrativa, praticamente nada ficou muito esclarecido, muitas perguntas sem respostas e não sei como o assunto em questão pode ser retomado no livro posterior, pois ele já ganhou um outro enfoque. De todo o livro não é ruim, eu que realmente não gostei do rumo que metade da narrativa teve, acho que desconstruir a evolução de um personagem tão importante como Adrian foi completamente desnecessário. 

                           A capa é linda toda prata com a fonte combinando com os livros anteriores. A diagramação está ok. Enfim, vamos aguardar que o último livro sai agora em julho.

5 Comentários:

aninha disse...

a poxa =/ porque diabos Richelle Mead fez isso com esse personagem? acho que justamente num momento difícil como esse, ele deveria se mostrar forte para ajudar Sidney que obviamente está sofrendo e muito. acredito que a autora volte a fazer uma trama equilibrada e dê as respostas necessárias no próximo livro. a capa é sensacional, as capas dessa série são um mais bonita que a outra.

RUDYNALVA SOARES disse...

Priscila!
A autora é uma das melhores no gênero.
Não li ainda nenhum livro da série, porém quero muito.
Uma pena que nesse exemplar nada ficou muito esclarecido, acredito que as explicações devam vir em outros livros subsequentes.

“A glória da amizade
não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da
companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém
acredita e confia em você.”(Ralph Waldo Emerson)

cheirinhos

Rudy

http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

Participe no nosso Top
Comentarista!

Solange Antuano disse...

o livro é um emaranhado constante de emoções e aventuras, e conta com vários segredos e mistérios. Estou completamente ansiosa para o próximo livro, mas ao mesmo tempo com medo do desfecho e de ter que me despedir dessas séries que marcaram minha vida como leitora. Nem preciso dizer o quanto indico as obras da Richelle, certo? Então, por favor, deem uma chance. Tenho certeza que esses vampiros e alquimistas irão surpreender vocês.

Cello disse...

Sabe o que gosto nesta série? Esta narrativa novelesca em um mundo de fantasia! Mesmo dizendo das pontas soltas, ainda confio na autora, tenho certeza que ela vai saber voltar e reencontrar as respostas. É isso aí! Agora que começou tem que ir até o fim!

Gizeli Meister disse...

Sou doida para ler esta série, leio todas as resenhas que encontro e sempre fico curiosa, o que me falta é tempo para me organizar e ler além é claro do $. A temática me agrada muito e seus comentários só me deixam com mais vontade de ler.

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D