Resenha: Encruzilhada (Kasie West) - Encruzilhada - Livro #01

terça-feira, 18 de agosto de 2015



Título: Encruzilhada
Autor: Kasie West
Edição: 1
Editora: Seguinte
ISBN: 8565765717
Ano: 2015
Páginas: 304


Sinopse:  A vida de Addison Coleman é um grande “e se…?”, graças à sua habilidade especial: Investigar Destinos. Addie é capaz de prever duas possibilidades de seu futuro toda vez que precisa tomar uma decisão. Quando os pais dela anunciam o divórcio, a garota deve escolher se vai morar com o pai entre os Normais ou se prefere ficar com a mãe no Complexo Paranormal. Para ter certeza do que a espera, Addie resolve Investigar. Em uma alternativa, ela conhece Trevor, um Normal sensível com quem logo sente uma conexão. Na outra, se envolve com Duke, o garoto mais popular da escola Paranormal. E agora, em qual futuro Addison estará disposta a viver?



                 Encruzilhada é o primeiro volume da série homônima escrita pela Kasie West e publicado pela Seguinte aqui no Brasil. É mais uma série que fala de poderes do tipo "X-Men" será que tá na moda? Será? 

                  Addison é uma Investigadora de Destinos, ela faz parte de uma comunidade de pessoas que possuem certas habilidades com o cérebro. Alguns como ela podem prever o que irá acontecer de acordo com suas opções, outros podem apagar lembranças, detectar mentiras, mover objetos e assim por diante. Quando seus pais decidem se divorciar, Addie tem que decidir qual dos dois destinos e é assim que ela vê que os dois podem ser desastrosos.

                  Os capítulos são alternados entre as duas escolhas que Addie pode tomar, na primeira ela fica com a mãe e começa a namorar o garoto mais popular da escola, se ela vai com o pai ela conhece Trevor, um normal que além de fofo tem tudo a ver com ela. O final das duas opções é trágico e ela faz uma escolha.

                  Quando penso em quantos livros já li com essa mesma temática nos últimos meses confesso que me desanima um pouco, esse estilo com pessoas com super poderes realmente está recheando as prateleiras, me parece que os X-Men voltaram com tudo em vários formatos e diferentes pontos de vista. Addie é uma adolescente típica cheia de incertezas e sim por muitas vezes ela se deixa levar pela melhor amiga que eu não achei chata até ler o fim do livro. 

               Apesar dos clichês eu gostei dessa dinâmica de duas realidades paralelas, acho que dentro do contexto trouxe uma coisa diferente a trama e eu gosto bastante quando autores brincam com o tempo. O fato de Addie não conseguir Investigar dentro de uma investigação pode ser um ponto que deva ser observado para os próximos volumes, pois realidade e Investigação em algum momento da trama pode ser que venham a se confundir.

                 Enfim, adorei essa capa, ela é emborrachada e tem uma imagem bem bonita. A diagramação está ótima, simples, mas com as folhas amarelas e a fonte de um tamanho confortável para a leitura. Se você gosta desse tipo de livro, bem fica aí a dica.



| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D