Resenha: Supernova - O encantador de flechas (Renan Carvalho)

terça-feira, 25 de agosto de 2015

 <br><br>

Autor: Renan Carvalho
Preço: R$ 18,81 até R$ 34,90

ISBN-10: 8581636799
Ano: 2015 / Páginas: 440
Idioma: português
Editora: Novo Conceito
 
Sinopse: Imersa em uma ditadura implacável, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que utiliza os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir direitos para a população. Do outro, um governo tirano, resguardado por soldados especialistas em aniquilar magos — nome vulgar dado aos praticantes da tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, que, após ser tragado para a rebelião, tenta aprender mais sobre sua misteriosa habilidade de encantar objetos com a energia dos elementos. Com uma narrativa envolvente e reviravoltas incríveis, Supernova: O Encantador de Flechas é um livro que vai arrebatar os fãs de fantasia. 

Da série Supernova, o livro O Encantador de Flechas é o primeiro do autor Renan Carvalho, foi publicado originalmente pelo selo Novo Século, mas em 2015 foi relançado pela editora Novo Conceito. 

Leran é o protagonista de toda a história que mora na cidade de Acigam, um lugar aonde o uso das energias é proibido e quem é um “Mago”, deve ser caçado e morto. Ele também aos poucos vai descobrindo o poder que tem, e como precisa esconder de sua família (mãe e irmã), menos do seu avô o qual é um mago experiente e professor de Leran no controle das energias. 

Como protagonista Leran, no decorrer da história vai perdendo sua atenção, em minha humilde opinião Luana é sim a verdadeira história, entendo que rola uma guerra civil na cidade, mas ao sabermos os verdadeiros motivos de tudo isso torna todo o enredo mais interessante e a importância de personagens secundários, e um dele é a irmã do personagem principal. 

Os personagens secundários como a Judra, Luana, Galek, entre outros são bem trabalhados, no desenrolar de toda a história, você é prendido pela vontade do quero mais, de ficar lendo e lendo e saber o que vai acontecer, quem vai lutar e quando haverá outro ataque. 

O livro é narrado em primeira pessoa, contando em 4 partes, três narradas pelo protagonista e uma por Judra. E a diagramação não peca em nada, a capa está linda e não vi nenhum erro gráfico, e na minha edição veio ilustrações inéditas e um capítulo à mais. 

Com a confirmação de ser publicado o segundo livro “A Estrela dos Mortos”, espero ansiosa pelo lançamento, e já tenho expectativa de uma continuação arrebatadora. E quando ler, faço questão de resenhar pra vocês. 


Por Carolina Sousa

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D