Resenha: Não Pare! (FML Pepper) - Trilogia Não Pare - Livro #01

quarta-feira, 2 de setembro de 2015



Título: Não Pare!
Autor: FML Pepper
Edição: 2
Editora: Valentina
ISBN: 9788565859660 
Ano: 2015
Páginas: 280



Sinopse: Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas. E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho! Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude.Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina!Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?Seria a Morte sua companheira para toda a vida?É chegada a hora da verdade.



                      Não Pare! é o primeiro livro da trilogia homônima escrita pela autora nacional FML Pepper e publicado pela Editora Valentina. Não estava com muita expectativa, ainda bem, apesar de algumas amigas terem lido e amado o livro, eu gostei e só. Espero que os outros volumes sejam melhores.

                        Nina é uma menina que está prestes a completar dezessete anos, durante toda a sua vida ela teve que viver uma vida errante junto com a mãe. Nunca parando em uma mesma cidade por muito tempo, Nina não tem amigos e vive infeliz se sentindo uma aberração. Quando algo estranho acontece em Amsterdã, ela se muda novamente dessa vez para Nova York,  Porém acidentes e momentos de quase morte continuam a acontecer e quando o misterioso Richard entra em sua vida segredos impressionantes são revelados sobre sua origem, sua família e principalmente sobre o mundo em que vive.

                           Vamos começar a falar um pouco sobre a narrativa que é em primeira pessoa, eu gosto desse estilo de narrativa, porém metade do livro é bem entediante, são muitas páginas em que não acontece nada de muito interessante e quando acontece simplesmente a personagem acha que não é nada demais ou se preocupa com isso, mas não parece dar muita importância. Isso foi algo que me incomodou muito e até a metade do livro me deu a sensação que as coisas poderiam ter andado de forma mais rápida e que as revelações poderiam ter sido feitas mais cedo e o enredo melhor aproveitado. Sabe aquela sensação quando um segredo é revelado e você pensa "Isso poderia ter sido revelado há cinquenta páginas atrás e isso não iria interferir em nada" foi exatamente assim que me senti.

                           Na segunda metade do livro as coisas começam a realmente melhorar e muitas reviravoltas me agradaram bastante. Acho que se a autora não tivesse enrolado tanto no começo esse poderia ter sido um dos meus livros favoritos de todos os tempos. A história é interessante, os conflitos criados na segunda metade do livro são interessantes, o fato é que essa mistura entre fantasia e sobrenatural ser algo que acaba me prendendo a atenção.

                                A relação entre Richard e Nina se desenvolve de maneira bem conturbada, ele parece não querer sentir o que está sentindo e isso tem uma explicação, já ela é bem lesadinha e isso não me deixou muito apegada a ela não. Acho que a ingenuidade que ela transpassa em alguns momentos é algo que me deixou meio com o pé atrás, em outros momentos ela age diferente o que me faz achar que nos próximos livros ela mudará de atitude. 

                                     Eu acho essa capa maravilhosa, ela é bem interessante e com uma fotografia muito bonita. A diagramação também traz detalhes especiais em cada começo de capítulo e em cada página. Enfim, o livro é bom e só.

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D