Resenha: Para Sir Phillip, Com Amor (Julia Quinn) - Os Bridgertons - Livro #05

sexta-feira, 30 de outubro de 2015



Título: Para Sir Phillip, Com Amor
Autor: Julia Quinn
Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580413625
Ano: 2015
Páginas: 288
Tradutor: Cássia Zanon



Sinopse: Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro. 



                       Para Sir Phillip, Com Amor é o quinto livro da série Os Bridgertons escrita pela Lisa Kleypas e publicado no Brasil pela Editora Arqueiro. Essa é uma das minhas séries de históricos favorita e eu não poderia não ter amado esse livro.

                         Eloise Bridgerton sempre pensou que ficaria solteira ao lado de sua amiga Penelope, mas aos 28 anos aconteceu o inesperado: Penelope se casou com Colin! E agora tudo que Eloise tinha planejado para seu futuro está sendo destruído. Ela está solteira e de repente se sente sozinha, há um ano ela se corresponde secretamente com o viúvo de sua prima Marina e há um mês ele convidou-a para passar um tempo em sua casa para poder cortejá-la e logo depois, caso eles se entendessem, se casar com ela. A moça logo vê uma oportunidade e foge da família para poder conhecer Sir Phillip melhor e ver se ele é realmente o homem das cartas. Phillip Crane viveu oito anos um casamento fracassado, vendo sua mulher morrer aos poucos, quando Marina praticamente comete suicídio, ele se vê sozinho com os dois filhos para criar, uma responsabilidade que ele não parece querer. Quando Eloise chega em sua casa traz a promessa do paraíso junto com ela.

                         É impossível ler Julia Quinn e não gostar dos personagens, mais uma vez eu me apaixonei por mais um Bridgerton maluco e seu par apaixonado.


                          Eloise é aquele tipo de mocinha que nós adoramos! Ela é esperta, sarcástica, não gosta de ser tratada de forma diferente e coloca todos os irmãos malucos. Com Sir Phillip não poderia ser diferente, um homem que viveu por anos ao lado de uma esposa que era triste e que tentou tudo que estava ao seu alcance para fazê-la feliz. Quando Eloise chega a casa dele é como um raio de sol em meio as nuvens, ela parece saber lidar com os gêmeos filhos dele que são dois pestinhas e faz de sua vida mais feliz. Tudo que ele quer é uma boa mãe para os filhos e tudo que ela deseja é uma família e é assim que eles iniciam esse romance.

                            Diferente dos outros romances da Julia Quinn, parece a todo momento que tudo vai dar errado, Eloise e Phillip parecem não se entender direito no começo, ele não tem muitos trejeitos sociais e ela não parece ter muita paciência para as grosserias dele. Porém, tudo vai se ajeitando em seu devido tempo. Sim é um romance que  tem crianças e se você gosta desse tipo de livro vai acabar se apaixonando pelos filhos de Sir Phillip que apesar de serem duas figuras, são crianças extremamente espertas que só desejam a atenção do pai.

                             Eu adoro as capas desses livros, acho que são das mais belas que tenho na estante. A diagramação não tem muitos detalhes especiais, mas cumpre com os requisitos básicos de uma boa leitura. Enfim, leiam Julia Quinn vocês não vão se arrepender.



| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D