Resenha: A Vingança de Mara Dyer (Michelle Hodkin) - Mara Dyer Livro #03

segunda-feira, 26 de outubro de 2015



Título: A Vingança de Mara Dyer
Autor: Michelle Hodkin
Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501104649
Ano: 2015
Páginas: 378



Sinopse: A série mescla paranormalidade, conspiração e romance para contar a história de uma adolescente com poderes especiais. Elogiada pelas autoras das séries Divergente e Instrumentos Mortais, Michelle Hodkin cria aqui uma trama surpreendente, onde nada é o que parece. Depois de descobrir que consegue matar apenas com o pensamento, assim como seu namorado é capaz de curar com a mesma facilidade, Mara Dyer é capturada por uma inescrupulosa médica, que a faz passar por uma série de testes e experimentos. Mas Mara não está sozinha. Outros jovens com poderes igualmente extraordinários são usados como cobaia. Com a ajuda deles, e de um velho inimigo, ela consegue fugir e parte em busca de vingança.




                                 A Vingança de Mara Dyer é o terceiro livro da trilogia Mara Dyer, escrita pela Michelle Hodkin e publicado aqui no brasil pela Galera Record. Confesso que gostei e não gostei desse livro.

                                Mara está novamente presa na Horizontes, encurralada pela psiquiatra em quem confiou, agora ela é cobaia. Noah continua desaparecido, não sabemos se realmente ele morreu nas mãos de Jude ou se conseguiu se regenerar. Quando Mara consegue fugir com a ajuda de quem ela menos esperava, ela contará com a ajuda dos amigos para chegar até onde estão as informações que a Horizontes guarda e resgatar Noah, onde quer que ele esteja.

                                  Primeiro eu quero falar dessa mania extremamente irritante que os autores tem de deixar o final em aberto, qual a necessidade? Segundo eu quero dizer que muitas informações foram deixadas de fora e sim eu acho que Mara Dyer necessita de no mínimo mais um livro, pode ser um Spin- Off, para que ela possa explicar as coisas que ficaram faltando. Até por que eu sou aquele tipo de pessoa que se for pra imaginar final pode ter certeza que eu escreveria meu próprio livro, não estaria lendo o seu.

                                     As coisas que eu gostei no livro são ainda as partes de loucura de Mara em que não conseguimos distinguir o que é e o que não é real, adoro quando a personagem entra num transe em que você realmente não sabe se realmente ela está vendo ou não aquilo e mais uma vez podemos ver que Mara tem problemas sérios com espelhos. A participação de Noah é bem diminuta nesse livro, mas a jornada de Mara sem ele é algo que teve de ser vivenciada. Não ela não é a mocinha, sim ela é a vilã. Ele é o mocinho sim, sem um pingo de maldade no corpo. Eles tinham absolutamente tudo para dar errado, porém os opostos se atraem e é impossível para Noah não amar Mara e isso é algo a ser considerado bem inovador nos romances. Ela assume que é má e perigosa e ele assumo que a ama mesmo assim.

                                    Eu amo essas capas, sério elas são assustadoramente belas. A diagramação está ok, sem muitos comentários. Eu recomendo muito essa trilogia, apesar de não ter gostado do final.

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D