Resenha: Sob o Céu do Nunca(Veronica Rossi) - Never Sky - Livro #01

sexta-feira, 27 de novembro de 2015



Título: Sob o Céu do Nunca
Autor: Veronica Rossi
Edição: 1
Editora: Rocco Jovens Leitores
ISBN: 9788579802348
Ano: 2015
Páginas: 336
Tradutor: Alice Klesck

Sinopse: Primeiro livro da trilogia Never Sky, Sob o céu do nunca segue a tradição dos romances ambientados num futuro distópico – no caso 300 anos após uma catástrofe que devastou a Terra – dominado por um governo autoritário disposto a manter o poder a qualquer preço. E Veronica Rossi, escritora brasileira radicada nos Estados Unidos, criou um universo apaixonante, um mundo perigoso e cruel, mas ao mesmo tempo belo e digno da tradição de Jogos Vorazes e Divergente. A trama acompanha a saga da jovem Aria, ex-moradora de Quimera, um núcleo de civilização protegido por um domo e sem qualquer contato com o mundo exterior, e Perry, um Forasteiro. Opostos em tudo, seus destinos se cruzam numa improvável aliança pela sobrevivência. 


                    Sob o Céu do Nunca é o primeiro livro da trilogia Never Sky da autora Veronica Rossi, publicado pelo selo Rocco Jovens Leitores da Editora Rocco. É uma distopia, uma história até que boa de ler, porém como toda distopia só posso dizer, por experiência, se gostei ou não após ler o último livro.

                    Aria é uma jovem que vive na Quimera, um núcleo onde sobreviventes humanos vivem uma vida de sonho e imaginação, eles tem acessos aos Reinos e vivem uma vida criada por computadores. Há algum tempo a mãe de Aria, que é cientista, está sem fazer nenhum tipo de comunicação com a filha o que leva a garota a se aproxima do filho de um importante cônsul. Quando tudo sai errado e ela é salva por Perry, um forasteiro que só quer salvar a vida do sobrinho, Aria é jogada do lado de fora e só poderá contar com a ajuda de quem acabou por prejudicá-la sem querer.

               Acho que tenho certo preconceito com distopias, de todas que li até agora apenas uma acabou por não me decepcionar (e eu nem posso falar muito, pois ainda vai ser lançado o último volume). Apesar disso, eu gosto sempre dos primeiros livros, e com Sob o Céu do Nunca não poderia ser diferente, acho que a narrativa em primeira pessoa alternada entre Perry e Aria me cativou. A forma também que a autora explica como a sociedade funciona também me agradou, diferente de outros livros você vai conhecendo como tudo funciona aos poucos de acordo com os acontecimentos.

                   Os personagens principais são dois amores, Aria é uma garota que cresceu programada para ter vários preconceitos e acaba por ter de conviver com a maioria deles e supera isso. Ela não é daquele tipo de mocinha extremamente fortes, mas é corajosa e tenta  lidar com a situação da melhor maneira que consegue. Já Perry é o típico cavaleiro no cavalo branco atormentado por seus dragões, ele também lida com crendices de seu povo e sua vida parece ser toda regida pelas tradições e  por acontecimentos que regem sua família.

                       Gosto dessa capa, acho que ela é bem bonita. A diagramação está bem ok. Enfim, acho que todo fã de distopia vai acabar gostando.  

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D