Resenha Premiada: A espada do verão (Rick Riordan) Magnus Chase e os Deuses de Asgard - Livro #01

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015



Título: Magnus Chase e os Deuses de Asgard
Edição: 1
Editora: Intrínseca
ISBN: 8580577950
Ano: 2015
Páginas: 448



Sinopse: A vida de Magnus Chase nunca foi fácil. Desde a morte da mãe em um acidente misterioso, ele tem vivido nas ruas de Boston, usando de muito jogo de cintura para sobreviver e ficar fora das vistas de policiais e assistentes sociais. Até que um dia ele reencontra tio Randolph – um homem que ele mal conhece e de quem a mãe o mandara manter distância. Randolph é perigoso, mas revela um segredo improvável: Magnus é filho de um deus nórdico.As lendas vikings são reais. Os deuses de Asgard estão se preparando para a guerra. Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo Magnus deve empreender uma importante jornada até encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos.  Quando um ataque de gigantes do fogo o força a escolher entre a própria segurança e a vida de centenas de inocentes, Magnus toma uma decisão fatal. Às vezes é necessário morrer para começar uma nova vida...Com personagens já conhecidos do público, como Annabeth Chase, prima de Magnus, e deuses como Thor e Loki, Rick nos apresenta mais uma aventura surpreendente, repleta de ação e humor.



A Espada do Verão é o primeiro livro da trilogia Deuses de Asgard, escrita por Rick Riordan. Neste volume, temos Magnus Chase, um garoto de rua, que tem uma vida pacata até ver seus parentes lhe procurando. Mas não para por aí, em uma busca por respostas (para saber o motivo de seu tio e sua prima estarem à sua procura), Magnus acaba se metendo em uma grande enrascada e, bem, não dá muito certo... 

Gente, que saudades que eu estava de ler Rick Riordan! Sério. Ao ler A Espada do Verão,chega bateu aquela nostalgiazinha dos tempos de Percy Jackson. O título dos capítulos, a narrativa super engraçada, os personagens amorzinhos etc. 

Para quem não sabe, essa nova trilogia do tio Rick é sobre mitologia nórdica, mas ao contrário de Heróis do Olimpo, em que tínhamos uma história mais adulta, com a abordagem de temas mais polêmicos, em Deuses de Asgard, voltamos à narrativa infantil, ou seja, não esperem muita coisa bombástica pois o livro é voltado para crianças de 9 a 12 anos. Mas claro que isso não impossibilita ninguém de ler, né? 

Particularmente, eu não sabia quase nada sobre mitologia nórdica. Para vocês terem ideia, o máximo de coisa que eu sabia sobre nórdicos era o que eu tinha visto nos filmes do Thor (e eu não gostei de nenhum dos dois) e, creio que, eram muito superficiais e cheio de alterações. Então foi uma surpresa muito agradável conhecer, de maneira didática, os famosos Deuses de Asgard. E quem acompanha o autor, sabe que ele tem um dom especial de explicar de uma forma que todos possam entender. Então, pontinho para o tio Rick!

Sobre os personagens, eu gostei de todos, principalmente do Magnus. Vocês sabem o que é isso? Eu GOSTAR de um protagonista é uma das coisas mais raras. Geralmente tenho uma aversão e blá blá blá, porque em sua maioria, são uns completos pé no saco. Mas o senhor Chase é um mito! Com suas tiradas e seu sarcasmo, é impossível ele não conquistar o seu coração. Mas o show não fica apenas a cargo do protagonista, os personagens secundários também roubam a cena com suas peculiaridades. Sem contar os deuses que são um caso a parte. 

Só tenho meus elogios à nova obra do Rick Riordan. Interessante e divertido, A Espada do Verão é um livro que merece ser lido. Se você busca se distrair, ou até mesmo, conhecer um pouco mais sobre os mitos nórdicos, é a pedida certa!


Resenha por: Rodrigo Batista


SORTEIO!

a Rafflecopter giveaway

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D