Resenha: Uma Chama Entre as Cinzas (Sabaa Tahir) - Uma Chama Entre as Cinzas - Livro #01

domingo, 27 de dezembro de 2015



Título:  Uma Chama Entre as Cinzas
Autor: Sabaa Tahir
Edição: 1
Editora: Verus
ISBN: 9788576863502
Ano: 2015
Páginas: 432
Tradutor: Jorge Ritter



Sinopse: Laia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre. No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal que Laia vive com os avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso. Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império. Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar para sempre o destino do próprio Império.


                       Uma Chama Entre as Cinzas foi escrito pela Sabaa Tahir e publicado no Brasil pela Verus Editora. Eu gostaria de deixar um questionamento: Por que pela Verus e não pela Galera? Mistérios. Enfim, mais uma fantasia para nossa alegria.

                       Laia é uma Erudita, um povo que foi escravizado pelos Marciais. Muitos anos atrás os Eruditos cultuavam o conhecimento e viviam em uma sociedade iluminada por eles, até que o Império Marcial chegou e os escravizou. Quando seus avós são mortos e seu irmão levado por um Máscara, a garota terá de pedir ajuda a Resistência, já que ela é a ilha da grande líder morta anos antes.Agora Laia terá de servir de escrava para a Comandante da escola Blackliff. Elias é o filho bastardo da Comandante, desde pequeno ele sabe que a mãe o odeia, ele está prestes a se tornar um Máscara e fugir de Blackliff, quando é escolhido junto com Helene, sua melhor amiga, para competir nas Eliminatórias e se tornar o novo Imperador. Quando ele se encontra com Laia, sua compaixão e um estranho sentimento pode unir os dois.

                   A narrativa é alternada entre Laia e Elias, eles são dois personagens com histórias diferentes, mas que tem o mesmo desejo: liberdade. Elias não gosta de ser um Máscara, odeia a brutalidade da escola de Blackliff e acha que o Império é impiedoso. Laia por sua vez, só queria ter seus avós e o irmão de volta. Ela não se acha corajosa e espionar para a resistência para conseuir resgatar seu irmão vai ser o maior desafio de sua vida. 

                            A trama como um todo, porém, não traz nada de novo e foi isso que me fez ficar um pouco decepcionada. A fórmula de uma mocinha que tem que lutar para obter um familiar de volta conta todo um império, contando apenas com mentiras, trapaça, etc. não é nova e eu posso citar ao menos umas quatro séries de fantasia com essa mesma premissa. Talvez por que no momento eu esteja fazendo sempre comparações dessas fantasias com Trono de Vidro, que é minha fantasia preferida no momento, e esteja sempre me decepcionando.

                            Apesar disso, o livro não é ruim, na verdade ele até fica bem bom depois da metade, mas minhas expectativas estavam muito altas. O "romance" entre Elias e Laia não me convenceu muito, na verdade eu ainda gostaria que eles ficassem com outros personagens, pois creio que combinaria mais.  As cenas de romance entre os dois me pareceram um pouco forçadas, talvez no próximo volume isso mude.

                             Eu acho essa capa bem bonita, a fonte do título eu também achei linda. A diagramação está ok, nada de muito chamativo. Enfim, se vocês já leram deixem suas opiniões.


| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D