Resenha: Birman Flint e o Mistério da Pérola Negra ( Sergio Rossoni) Viagens na Ficção - Livro #01

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016



Título: Birman Flint e o Mistério da Pérola Negra
Autor: Sergio Rossoni
Edição: 1
Editora: Chiado Editora
ISBN: 9789895138982
Ano: 2015
Páginas: 383



Sinopse: Após mergulhar num mundo sombrio cercado por assassinos e traidores, Birman Flint depara-se com uma estranha verdade em torno de um antigo legado transformado numa maldição. A busca pelo misterioso artefato conhecido como Ra´s ah Amnui pode ser a esposta para a conspiração em torno do Czar Gatus Ronromanovich e sua família, conduzindo Flint por caminhos obscuros muito além da sua própria compreensão.Um artefato, uma estranha seita e um assassinato, todos eles interligados por algo que parece representar a chave deste misterioso enigma. Uma jóia, um objeto de rara beleza ocultando em si um passado sombrio, lançando nosso herói numa corrida contra o tempo para salvar a dinastia Ronromanovich do desastre iminente.



                   Birman Flint e o Mistério da Pérola Negra é o primeiro livro do que eu creio ser uma série intitulada Viagens na Ficção do autor nacional Sergio Rossoni, publicado no Brasil pela editora Chiado. Bem, eu achei  esse livro legal, mas realmente não é para minha faixa etária e aí eu aviso que talvez alguém nos seus 12 ou 13 anos teria aproveitado muito melhor o livro que eu.

                 Birman Flint é um jornalista que investiga crimes violentos. Quando um emissário do Czar Gatus Ronromanovich é morto em circunstâncias para lá de suspeitas, Birman se depara com um mistério que vai além de sua imaginação. Ele viajará para a corte do Czar para desvendar esse mistério que ameaça a Dinastia Ronromanovich.

                 Bem, vamos começar a dizer que todos os personagens do livro são bichos, sim bichos, gatos, camundongos, etc. Isso para quem tem muita imaginação pode ser um ponto muito positivo, mas eu não tenho então tive dificuldades para pensar em como funcionaria sabe? Tive que me focar naqueles filmes da Disney que os bichinhos falam. 

                     A narrativa em si é bem fluida, a maneira com que o autor conduz a história fez com que as vezes eu esquecesse que eram bichinhos, os personagens são inteligentes e não perdem tempo ao resolver o mistério. E sim temos um vilão daqueles de conto de fadas que é vilão com V maiúsculo!

                       As cenas de ação são outro ponto forte no livro, assim como o quebra cabeças formado pelo autor para o mistério tanto da morte quanto o que envolve a pérola negra. Quando eu era mais nova gostava bastante de livros assim que davam algumas pistas do que poderia ter acontecido e depois quando o vilão revelava eu ficava toda boba pensando "é mesmo". Bem, Briman Flint é um pouco assim, esse mistério é revelado em parte pelo vilão e isso é muito legal.

                        Gosto dessa capa, acho que ela condiz muito com a história. A diagramação é boa, só achei o livro meio grosso para o público que deve atingir, mas vale a pena. Enfim, recomendo, se vocês tiverem um sobrinho, filho e tal essa é uma boa leitura para eles.

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D