Resenha: Enfim,30 (Camila Femder e Jana Rosa)

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016



Título: Enfim,30
Autor: Camila Femder e Jana Rosa
Edição: 1
Editora: Paralela
ISBN: 9788584390151
Ano: 2015
Páginas: 184



Sinopse: Fazer trinta anos é uma crise? Camila Fremder e Jana Rosa respondem: não precisa ser! Muito pelo contrário, os trinta podem e devem ser maravilhosos. Carreira, relacionamento, ter ou não ter filhos, saúde, vida social, tecnologia, moda, conjunções astrais e numerologia — com um texto sempre bem-humorado, elas falam sobre o que viveram e pesquisaram sobre esses aspectos da vida enquanto mulheres balzaquianas. Depois do sucesso de Como ter uma vida normal sendo louca, a dupla preparou este novo livro que vai trazer verdadeiras iluminações sobre entrar na terceira década e, com muita leveza, ajudar a lidar com as questões que inevitavelmente surgem.



                       Enfim,30: Um Livro Para Não Entrar Em Crise foi publicado pela Paralela e escrito pelas autoras Jana Rosa e Camila Femder. Sem dúvida foi o melhor livro que li em 2015 e não só por que faço 28 em mais ou menos uma semana, mas por que elas falam exatamente aquilo que toda mulher deve ouvir não só quando chega aos 30, na verdade queria ter lido esse livro aos 23, mas como elas só lançaram quando eu tinha 27, foi o jeito!

                          Em Enfim,30 você vai encontrar 26 capítulos que tentarão,com sucesso, te convencer que chegar aos 30 é o início da melhor época da sua vida. Assuntos como carreira, filhos, casamento, moda, maquiagem e até numerologia estão presentes e são abordados com muito humor.

                            Eu não sou uma pessoa muito encanada com idade, até por que se eu não falasse para vocês que estou prestes a completar 28 anos ninguém acreditaria e quando falo tem gente que me pede o RG por que acham que estou mentindo. Prestes a completar trinta, eu sei que ainda faltam dois anos,mas algumas (muitas) cobranças vão sendo demandadas de nós. Perguntas como "Quando você pretende casar?" "Quando você vai me dar meu primeiro netinho?" (Sim, minha mãe está em uma campanha ferrenha para que eu engravide o mais rápido possível, pois todas as amigas dela já tem netos e ela também quer) "Isso é coisa de adolescente" ou até mesmo o bom e velho "Você vai mesmo usar isso?" são perguntas muito comuns no meu dia-a-dia e que eu ignoro prontamente, mas coisas como a pressão de ser alguém e até mesmo mudanças físicas começam a aparecer e cobrar seu preço. Se antes eu conseguia correr 5k em 30 minutos, hoje meu joelho já começa a protestar por conta das horas que passo em pé dando aula ou sentada assistindo a elas. Se antes eu conseguia ir para a balada e depois ir direto trabalhar sem dormir nada, hoje só a palavra "balada" já me dá preguiça. E eu tenho certeza que você aí que está lendo essa resenha e está perto dos 30 assim como eu se identifica com isso e PRECISA ler Enfim,30 assim como eu nem pensava, mas precisava ler.   





                 

                    Desde o início do livro você já vai percebendo que ambas as autoras vão te falar tudo aquilo que você sabe, mas que precisa que alguém te fale para que você possa dizer "é mesmo"! 



                               Elas fazem essas comparações maravilhosas que fazem você perceber que está muito melhor hoje aos 30 ou perto deles do que aos 15 quando tudo na vida parecia um grande desastre que iria destruir seu mundo. E não só por que você é descolada e não se importa com nada, mas por que provavelmente nesse momento seu Banco de Séries já tem mais de 10 séries em atraso (sim, atualmente estou com uma base de 15 séries em atraso e mais algumas que eu quero ver) Então, como vocês podem perceber, elas nos fazem perceber muita coisa que já sabíamos e que alguém precisava nos dizer mesmo assim.

                           Além de todos os argumento acima, se você ainda acha que esse livro é apenas mais um livro de auto-ajuda de como as mulheres devem agir preste atenção na lista abaixo:


                         É isso aí elas dão uma lista do que vestir aos 30, não sei vocês, mas eu sofro muito com isso, pois 90% do tempo eu gostaria de poder sair de casa de pijamas. Se nada disso ainda te convenceu que jana e Camila são gente como a gente e que são as melhores pessoas olhe a citação abaixo mais uma vez: 



                      Essa capa é maravilhosa, adoro tudo sobre ela. E a diagramação como vocês mesmas puderam ver, é linda. Enfim, provavelmente essa resenha não chega nem perto da importância desse livro na minha vida, mas fica aqui o meu agradecimento a Camila, a Jana e a Editora Paralela por colocarem esse livro no mundo! MUITO OBRIGADA! E LEIAAAAM!

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D