Resenha: O Coração do Leão (Mia Sheridan) - Signos do Amor - Livro #02

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016



Título: O Coração do Leão
Autor: Mia Sheridan
Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: B016R0OA0C
Ano: 2015
Páginas: 208
Tradutor: ANA RODRIGUES



Sinopse: Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Leão e fala sobre as surpresas que a vida nos reserva. Evie e Leo se conheceram ainda crianças, em um lar adotivo, e logo se tornaram grandes amigos. Com o tempo, a amizade se transformou em uma paixão avassaladora, e eles juraram ficar juntos para sempre.Quando Leo foi inesperadamente adotado na adolescência e teve que se mudar para outra cidade, prometeu a Evie que entraria em contato com ela assim que chegasse lá e que voltaria para buscá-la quando ela fizesse 18 anos. Mas ele nunca mais deu notícias.Oito anos depois, apesar das circunstâncias, Evie conseguiu dar a volta por cima. Tem um emprego, amigos e está feliz. Então, de repente, um homem chamado Jake Madsen surge em sua vida, alegando ter sido enviado por Leo para saber como ela está.Evie não consegue evitar a atração que sente por esse homem sensual e misterioso. Mas será que ela pode confiar em um estranho? Ou será que ele está guardando um segredo sobre sua real ligação com Leo e os motivos que o levaram a sumir de sua vida anos atrás?




                       O Coração do Leão é o segundo livro da série Signos do Coração da autora Mia Sheridan publicado no Brasil pela Editora Arqueiro. Essa autora foi com certeza uma das cinco autoras revelação top para mim no ano de 2015, sem dúvida nenhuma virei fã e essa série entrou para o hall das queridinhas.

                            Evie é uma garota que desde pequena soube o que era sofrimento, aos dez anos ela foi retirada da casa da mãe que era viciada em drogas, pois os policiais encontraram um homem em uma posição comprometedora com ela. Desde então ela foi mandada de lar adotivo para lar adotivo até encontrar Leo, um garoto que também sofreu maus tratos do pai e que sabia o que era sofrer assim como ela. Eles se apaixonam, mas Leo é adotado aos 15 anos, pouco antes de se mudar para a Califórnia ele promete a Evie que em seu aniversário de 18 voltará para buscá-la. Eles nunca mais se encontram. Aos 22 anos, Evie conseguiu se reerguer, ela tem um pequeno apartamento alugado, dois empregos e amigos fiéis, quando um dia um homem começa a seguí-la. Jake Madsen chega na vida dela e a vira de cabeça para baixo, ele diz ser amigo de Leo, que morreu em um acidente de carro, e que veio a pedido do amigo morto para ver como Evie está. Eles então começam algo que promete levar o coração da garota para sempre.

                             A narrativa de Mia é muito leve e cheia de emoção, quando você pega qualquer livro dela para ler não consegue mais largar e quando se dá conta já leu mais da metade do livro em uma "sentada" só. Quando comecei a ler O Coração do Leão já sabia que iria me apaixonar pela história só não sabia que essa narrativa vinha carregada de uma história de superação de medos, tragédias e abusos. Quem lida de perto com abuso de menores, meninos e meninas, sabe o quanto é triste ver seres tão pequenos que já carregam cicatrizes para o resto da vida e é com isso que precisamos lidar nesse livro, com dois personagens que lidaram com esses abusos de formas bem diferentes.

                         Evie sempre vê o melhor da situação que viveu, ela fala no livro que por mais triste que fosse sua situação sempre teve a sorte de encontrar em todos os lugares pessoas que foram gentis com ela, mas o que essa mocinha não vê é que ela é um exemplo de superação e de bondade, não estou falando daquele tipo de bondade que dá cárie no dente de tão doce, mas aquele que nos faz ser pessoas melhores. Evie é dessas personagens, ela encanta e é extremamente leal e isso não a torna uma mocinha burra por ser bondosa, muito pelo contrário. Evie é esperta. Já Jake é misterioso, ele esconde sim um grande segredo que não sei se o exime de todos os erros que cometeu, sua passividade teve grandes consequências para Evie e vocês saberão do que estou falando quando lerem o livro, não sei se ele merece a redenção que teve, ele também foi uma vítima sim, mas se tivesse reagido antes talvez a vida da mocinha tivesse sido bem mais fácil. Ele é um personagem fraco, que acaba por meter os pés pelas mãos e é nessa fragilidade que talvez muitos de nós, leitores, desenvolvamos um amor enorme por ele.

                        Não vou dizer aqui que esse livro superou o amor que sinto por A voz do Arqueiro(primeiro livro que li dessa autora), mas encontrei nele características próprias que me levaram a amar a história de Evie e Jake por suas tragédias e erros. Sem dúvida já estou ansiosa para ler o próximo volume dessa série.

                              Eu amo essas capas em preto e braco, elas são lindas. Até a fonte do título me agrada. A diagramação facilita muito a fluidez da leitura, mais uma vez a editora está de parabéns não só por esse cuidado, como também por contratar tradutores tão competentes. As traduções feitas nessa série são maravilhosas. Enfim, só posso recomendar a vocês, sem dúvida nenhuma Mia Sheridan vem ganhando espaço na minha estante e no meu coração.

                            
                           

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D