Resenha: Segredos do Paraíso (Andrea Laurence) - 1 de 2 - Desejo Dueto #68

quarta-feira, 9 de março de 2016

Título: Segredos do Paraíso
Autora: Andrea Laurence
Editora: Harlequin
ISBN-13: 9788539819973
ISBN-10: 853981997X
Edição: 1
Ano: 2015
Páginas: 320

Sinopse: PEDIDOS INEGÁVEIS - Nos negócios, a melhor arma é a sedução!
Quando Wade Mitchell encontra Victoria Sullivan, sabe que terá de repensar a sua tática usual. Ele precisa comprar algo que pertence a ela o mais rápido possível. E já que a química entre os dois é intensa, Wade acredita que pode fechar o negócio facilmente. Porém, convencer a obstinada Tori não seria nada fácil! Ela não irá ceder ao homem que um dia a demitira! Mesmo assim, Wade continuará tentando. Do contrário, corre o risco de expor um segredo que destruirá sua família.

BELEZA REVELADA - Ela conquistará seu sombrio chefe?
O solitário CEO Brody Eden carrega um segredo que nunca revelara... até contra­tar sua nova assistente, Samantha Davis. Ela jamais co­nhecera um homem tão reservado e lindo quanto Brody. E, para ele, Samantha é a tentação personificada. Sam não queria se apaixonar pelo chefe, mas sentia que, por trás da atitude áspera, havia ternura e paixão intensas prontas para serem liberadas. E ela está determinada a conquistar o coração de Wade.




Segredos do Paraíso é a primeira parte da duologia de mesmo nome da autora Andrea Laurence, que faz parte da Série Desejo Dueto da Editora Harlequin.

Como indica a série, o livro é formado por duas histórias, que além de serem romances, contém um mistério que liga os irmãos protagonistas, um segredo que os filhos dos Eden carregam desde muito jovens.

A primeira história é Pedidos Inegáveis, onde conhecemos Wade Mitchell, um dos filhos adotivos dos Eden, que volta para a cidade dos pais mais cedo do que planejado, quando é informado que seu pai vendeu parte de suas terras após um infarto. E esse pedaço de chão pode ser a destruição dessa família e da reputação de todos.

Wade tinha um plano que parecia simples e infalível: ele ofereceria ao novo proprietário uma quantia maior do que foi pago pelas terras, e sem poder recusar, ele teria as terras de volta e ninguém mais correria riscos. O que ele não esperava era ser recepcionado por uma mulher segurando uma espingarda e pronta para atirar, e ainda menos que a mulher fosse Victoria Sullivan, sua antiga funcionária que foi demitida dois anos antes.

– Meu nome é Wade Mitchell. Queria lhe falar sobre a possibilidade…

– O teimoso e arrogante incorporador imobiliário Wade Mitchell?

A mulher adiantou-se alguns passos.

Wade franziu a testa. Ela parecia não ser uma fã. Desejou que ela não estivesse tão agasalhada, para que pudesse ver quem era. Talvez então pudesse entender por que a simples menção do seu nome parecera deixá-la tão agitada. É claro que ele mesmo estava tão encasacado quanto ela.

Ao comprar o pedaço de terra dos Eden, Tori só queria um lugar para se fixar e ter a casa dos seus sonhos, e ali lhe pareceu o lugar ideal. Mas nunca imaginaria que sua paz seria perturbada por Wade, o homem que a demitiu por algo que ela não fez. Dois anos antes Wade mexia com seus sentimentos, agora ela só quer ele fora da sua propriedade e de sua vida.

Pelos personagens já terem um passado um tanto que conturbado, é de se imaginar que tudo será intenso e divertido, e foi isso o que encontrei na leitura. Wade fora atraído por Tori quando ela era sua funcionária, e na verdade não poderia negar que a mulher ainda mexia com ele mesmo depois de tanto tempo. E como ela se nega veementemente a lhe vender as terras, ele pretende usar todo seu charme para que Tori seja convencida de que aquelas terras são importantes para sua família. Mas as coisas entre eles podem ter um final bom ou ruim, depende de até aonde Wade irá para proteger o segredo dele e seus irmãos.

A segunda história é Beleza Perdida, e conta sobre outro filho adotivo dos Eden, Brody Eden, um homem solitário que praticamente vive trancado em seu escritório, tendo apenas sua assistente Agnes como seu contato com o mundo exterior no dia a dia.

Quando Agnes sai para uma viagem de férias, Brody se vê com uma nova assistente que não é nada como à senhora, que ele tem quase como sua segunda mãe. Samantha Davis é jovem, linda e o faz sentir coisas que nunca sentiu antes, mesmo que o seu contato com ela seja através de uma câmera e uma gaveta na parede.

Samantha sabe que tem algo de estranho em seu novo trabalho quando teve que assinar um acordo de confidencialidade, mas jamais imaginou que o segredo desse homem poderoso, era que ele teve parte do rosto e corpo desfigurado por seu pai biológico. Esse ferimento obrigou Brody a se isolar do mundo e tornar-se um grande mistério para o mundo exterior, principalmente para a mídia que faria qualquer coisa para descobrir o que aquele homem tanto escondia.

Uma das partes que mais esperei desde a leitura do primeiro livro, quando temos uma breve noção de como é a vida de Brody, era saber o que a mulher que o conquistasse pensaria quando o visse, e quando Samantha o vê pela primeira vez, ela enxerga através das marcas. Ela vê o homem bonito que ele é e não é difícil se imaginar apaixonada por Brody. Mas ele é fechado como uma ostra e tem medo de causar repulsa em uma mulher tão bonita, ou sair ferido disso.

Queria beijá-la e provar daqueles lábios mais do que já quisera beijar qualquer outra mulher. Seu corpo havia reagido rapidamente à proximidade dela . A pulsação disparou, a virilha se apertou e o seu domínio da língua inglesa desapareceu. Foi uma reação instantânea, que o forçou a voltar para o escritório antes que fizesse papel de tolo.

Samantha jamais o beijaria. Pelo menos não por achá-lo atraente ou por vontade própria. No passado, na única ocasião em que uma mulher se mostrou interessada, foi a sua conta bancária, e não o seu corpo, que a atraiu. Assim que conseguiu o que queria, ela desapareceu.

É uma história diferente, não só entre as da Harlequin que já li, mas no geral. Brody desperta em quem lê uma vontade de abraçá-lo e lhe dizer que não precisa ter medo do mundo. Ele se esconder lhe tira as chances de felicidade e de um possível futuro com uma mulher como Samantha, por medo de se expor em algum local público ou conhecer os amigos e família dela.

E claro, o mistério dos irmãos Eden ainda não foi solucionado, mas ao final da leitura das duas história já sabemos o que eles escondem, e temos certa noção do que pode ter acontecido no passado.

A leitura vale muito a pena, e como é uma duologia, precisarei ler a outra parte para ver o desfecho desse mistério que os irmãos tanto escondem, e como os outros irmãos irão se resolver em suas vidas amorosas. A Andrea soube dar a cada casal seu tempo, seu enredo, e ao mesmo tempo colocar esse segredo em plano de fundo, unindo os irmãos.

Eu demorei mais do que imaginei para concluir a leitura porque a diagramação da Harlequin é a única coisa que me incomoda. Eu amo os livros da editora, são de um estilo que eu gosto, mas não consigo manter uma leitura rápida pelo livro ser pequeno. E também por esse ter sido um livro duplo, ele é um tanto que difícil de se manusear por ser um pouco duro, acredito que isso pode ser melhorado. Outra coisa que eu gostaria de comentar é o preço dos e-books da editora, e não só deles na verdade. Eu acho muito estranho ver um e-book com o mesmo valor que um físico, porque eu imagino que não se tem o mesmo custo para justificar o valor. Acredito que chegou a hora de todas as editoras repensarem isso, mais pessoas estão adeptas aos e-reader ou tem o aplicativo do kindle, e com certeza mais livros seriam vendidos.

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D