Resenha: Vida e Morte (Stephenie Meyer)

quarta-feira, 16 de março de 2016


O clássico de Stephenie Meyer revisitado 10 anos depois.
Novamente, os leitores vão se apaixonar pela arrebatadora história de amor de Bella e Edward... ou, quem sabe, será uma primeira vez. A edição especial de aniversário inclui um conteúdo extra e exclusivo: Vida e morte, nova versão em que autora inverte o gênero dos principais personagens.
Em Vida e morte os leitores vão se maravilhar com a experiência de ler a icônica saga de amor agora pelos olhos de um adolescente que se apaixona por uma sedutora vampira. Numa publicação ao estilo “vira-vira”, a edição comemorativa traz mais de 400 páginas de conteúdo extra, além da nova capa, com Crepúsculo de um lado e Vida e morte de outro. Os milhares de fãs de Bella e Edward não vão querer perder a oportunidade de ver seus tão queridos personagens em novos papéis.

Vida e Morte - Crepúsculo Reimaginado
Stephenie Meyer
R$ 26,53 até R$ 44,90
ISBN-13: 9788580578553
ISBN-10: 8580578558
Ano: 2015 / Páginas: 391
Idioma: português
Editora: Intrínseca


Então, D. Stephenie Meyer resolveu presentear os fãs da Saga Crepúsculo #énoiz com um extra em comemoração aos 10 anos de lançamento do primeiro livro da série.

Lançou Vida e Morte, uma adaptação de Crepúsculo que traz a inversão de gêneros de quase todos os personagens com a exceção de Charles e Renée e de alguns personagens secundários e tal. Temos como nosso casal de protagonistas Beau e Edythe.

A autora promete mudanças no texto original, considerando que a história agora tem como personagem principal um garoto, mas eu não senti essa diferença toda, pra falar a verdade. Esperava bem mais da adaptação...

De fato, ela mudou algumas situações, só que eu quanto leitora, senti falta de uma emoção maior, ou até de um agir diferente do personagem. Fiquei com muitas expectativas pra saber como seriam as emoções, sentimentos e reações de Beau, mas eu só vi a “Bella” #desculpasociedade. Não consegui perceber essa diferenciação no fato da mudança de gênero.

Enfim, como adaptação, ela mudou o final do livro, onde o Beau se transforma em vampiro (ps: isso não é spoiler, todo mundo sabe). Pensei eu, que a autora iria abordar um pouco mais da vida de Beau como vampiro, aí sim poderíamos ter desfrutado um pouco mais da nova dinâmica de vida dele, como iria ser sua adaptação na nova “vida” (ou seria morte), enfim, penso que o personagem tinha mais história pra nos contar.

Contudo, tia Stephanie não quis nos contar e nos deixou somente na vontade #BemBixaMá.

Mas acho que valeu a intenção e nós fãs da Saga conseguimos matar um pouco da saudade que nos assola.

O livro é bem bonito, com uma diagramação bacana e eu recomendo a todos os fãs que leiam, tomara que as expectativas de vocês sejam melhor alcançadas, porque eu gostei, mas não morri de amores como pensava que iria.

É isso, hasta luego!

Por Jamille Moura

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D