Resenha: Herdeira do Fogo (Sarah J. Maas) - Trono de Vidro - Livro #03

sexta-feira, 8 de abril de 2016



Título: Herdeira do Fogo
Autor: Sarah J. Maas
Edição: 
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501401403
Ano: 2015
Páginas: 518



Sinopse: Celaena ressurge das cinzas ainda mais forte e letal. E parte em uma jornada em busca de uma obscura verdade: uma informação sobre sua herança e seus antepassados que pode mudar sua vida e o futuro de dois reinos para sempre. Enquanto isso, forças sinistras começam a despontar no horizonte e têm planos malignos para dominar o seu mundo. Agora, depende de Celaena encontrar coragem para enfrentar tais perigos, além de seus próprios demônios, e fazer a escolha mais difícil da sua vida




Herdeira do Fogo é o terceiro volume da série Trono de Vidro escrita pela Sarah J. Maas e publicado no Brasil pela Galera Record. Confesso que tive sérias dificuldades para concluir a leitura desse livro.

Celaena sai de Aderlan em buscas de respostas para derrotar o rei e por isso ela precisa entrar em contato com a tia, a rainha Maeve e se apoderar de um passado que ela passou anos tentando entender.  Enquanto isso no palácio Chaol se une ao primo de Aelin, Aedion, para tentar ajudar Celaena e o príncipe Dorian, O príncipe por sua vez está tentando lidar com a sua magia com a ajuda de Sorcha, seu novo romance, que é uma curandeira do palácio.

Vamos começar com a minha decepção com esse livro, acho que a primeira parte foi um problema para mim passei mais de uma semana para ler no mínimo metade do livro, o ritmo do livro era muito lento e isso me incomodou muito. Em compensação na segunda parte Sarah J. Maas voltou a ser Sarah J. Maas e o jogo literalmente virou!

Celaena, agora Aelin, segue sendo a melhor personagem! Ela estava quebrada e pouco a pouco como uma fênix minha personagem favorita voltou a ser ela mesma. Muito do passado de Celaena é revelado, muito de seu poder é libertado e uma nova etapa da história começa. 

Chaol é outro personagem que é uma incógnita, tem vezes que eu gosto dele e as vezes eu acho que ele é um personagem que estabelece um papel que não é dele. Acho que nesse livro em específico e provavelmente será no próximo, ele atuou com grande importância grande parte da dinâmica feita na segunda parte foi feita por conta da articulação dele.

Já Dorian não merecia nada do que aconteceu com ele.

Gosto dessa capa, acho sempre que Celaena é a melhor opção. A diagramação está ok. Enfim, acho que vou gostar muito mais do próximo livro da série.

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D