Resenha: Maliciosa (Mirela Paes)

quarta-feira, 11 de maio de 2016



Título: Maliciosa
Autor: Mirela Paes
Edição: 1
Editora: Qualis Editora
ISBN: 
Ano: 2016
Páginas: 202


Sinopse: Para seus familiares, Ana é o perfeito exemplo de moça de família. Doce, educada e preocupada com o seu futuro. Deseja estudar moda e se tornar uma It Girl. Matthews, por outro lado, conhece uma Ana diferente. Sexy e determinada. O que havia começado como um pequeno jogo tomará proporções avassaladoras. Os encontros se tornam cada vez mais intensos e complicados. Foram criados como primos, e a diferença de idade muitas vezes os atrapalha. Até quando conseguirão manter esse segredo? Estarão eles prontos para lutar pelo amor que sentem um pelo outro?




Maliciosa é livro de estreia da autora nacional Mirela Paes, publicado pela Editora Qualis.  Não lembro de ter nada parecido com esse livro na minha estante e confesso que foi uma grata surpresa. Quem acompanha o blog há um tempo sabe que eu sou bem chata com autores nacionais por conta da minha formação,para quem não sabe eu sou formada em Letras e sou treinada para ser exigente com literatura nacional, então se eu falo aqui que gostei da escrita de qualquer autor creiam que vale a pena ler.

Ana é a garotinha da família. A princesinha dos pais, mimada pelos padrinhos,ela é o exemplo da moça bela, recatada e do lar. Seu único desejo é estudar moda e ser a próxima It Girl! Seus pais não querem que ela saia do país, mas Ana quer estudar na França. Matt é o primo dez anos mais velho, centrado, sério e com uma carreira sólida de advogado em Chicago, ele recebe os padrinhos e a priminha em sua casa para o aniversário de casamento de seus pais. O único problema é que a priminha agora é uma mulher decidida, que tem sonhos e muitos desejos.

A narrativa do livro é em terceira pessoa, dessa forma temos acesso aos cenários onde os personagens estão e seus respectivos pensamentos e sentimentos. Ana mora na França, mas a história se passa na França, Estados Unidos e na Inglaterra e apesar de ser um livro nacional ambientado em outros países você realmente sente que a autora fez uma pesquisa para que não ficasse nenhum tipo de "furo" na narrativa. Outro ponto positivo é que a narração é muito fluida, você realmente não sente dificuldade nenhuma em ler o livro de uma vez só, quando você pisca já está no fim.

Ana é literalmente o demônio! Não consigo definir de outra forma. Em qualquer livro do gênero a mocinha é conquistada pelo cara mais velho, aqui a mocinha de mocinha não tem NADA! Bela, recatada e do lar só se for na frente dos pais, por trás Ana gosta de liberdade e faz o que quer com seu corpo. Matt nunca teve a mínima chance, ela já chega a Chicago com um plano de sedução em mente e ela quer o corpinho do priminho nu! E sim leitores, ela consegue!

Matt por sua vez sofre, ele tenta a todo momento não ceder a essa pessoa que com apenas 18 anos já sabe muito bem o que quer e como quer e do jeito que quer. Educado, ele apenas cede a prima dando todo o prazer que ela deseja.

A partir daí eles iniciam uma relação aberta, Ana não quer nenhum tipo de compromisso sério, ela é muito jovem, quer curtir e experimentar garotos e garotas, namorar, curtir a vida e principalmente se dedicar a sua carreira, nesse meio ela não quer perder Matt e por isso o mantem a distância de uma mão.Lógico que eles acabam se apaixonando.

O diferente dessa história é realmente a questão do famoso empoderamento! Ana não quer e não precisa de homem nenhum para protegê-la, ela tem suas vontades, seus desejos e luta por eles, ela quer ser independente e por boa parte de sua vida ela precisa manter uma fachada de menina moça, mas com a idade veio o amadurecimento e de uma vez por todas Ana toma as rédeas de sua própria vida.

Essa capa é maravilhosa! Quem teve essas ideias brilhantes? A diagramação está também muito boa. Enfim, é um nacional que vale super a pena, que fala sobre um tema atual com uma protagonista diferente de tudo que há no mercado.


| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D