Resenha: Gigantes (Pedro Henrique Neschling)

domingo, 7 de agosto de 2016



Título: Gigantes
Autor: Pedro Henrique Neschling
Ano: 2015
Páginas: 232
Editora: Paralela
Sinopse: Tudo começa numa festa de formatura de ensino médio. Cinco amigos comemoram juntos o tão aguardado fim da vida escolar. Apesar de bem diferentes entre si, têm algo em comum: enxergam o futuro como um mar de possibilidades a ser descoberto e explorado. Sonham em ser gigantes, tão grandes quanto suas ambições.
Mas para nenhum deles o futuro será conforme o previsto. À medida que os anos passam, os jovens deparam com as complexidades trazidas pelo chamado da vida adulta. Desilusões amorosas, questões familiares, conflitos na carreira, dúvidas e mais dúvidas… É inevitável: ao chegar perto dos trinta, todos nos tornamos um pouco mais desencantados e - por que não? - sábios. Mas e os sonhos da juventude, onde vão parar?



Gigantes conta as histórias de cinco amigos: Fernando, Duda, Zidane, Lipe e Camila. No último ano do colegial eles fazem planos sobre o que vão fazer do futuro. Zidane quer ser rockstar, Fernando quer ser cineasta, etc. Fernando e Duda namoram há um tempo, mas Camila entrou na relação e foi o pivô do término do casal. Lipe é o melhor amigo de Duda, é gay, assumido, porém o pai não lida de forma correta com a orientação sexual do filho e é super homofóbico. E assim Pedro Neschling nos apresenta às vidas e aspirações de deus personagens. 

"A vida é complexa demais, achava. Comidas, lugares, pessoas, tudo tem cheiros, gostos, cores, jeitos diferentes. E são múltiplos, instáveis, mutantes. Adorava a descoberta, conhecer melhor e provar cada nova possibilidade que se apresentava todos os dias."

Bem, Gigantes não é um livro que você vai encontrar milhares de reviravoltas, mas não vai encontrar porque ele é um livro super real, super verossímil. O livro acompanha a trajetória dos cinco jovens desde o último ano da escola até mais ou menos 10 anos depois. Ficamos sabendo através do ponto de vista de cada personagem, em terceira pessoa, como está cada um deles, o que estão fazendo, o que realizaram e o que ainda querem fazer.

Os capítulos são curtos e super rápidos de ler. A narrativa de Neschling é super fluída e gostosa e não me pareceu ser um debutante na arte da escrita. Confesso que não pesquisei para saber se o autor tem outros textos publicados. A linguagem é bem cotidiana e não há enrolação. 

"Era bom ter planos. Era bom ter desejos. Era bom ter dificuldades e até angústias quando se vislumbravam soluções. Ter motivação para acordar e cansaço para dormir. Era tranquilizante ter força para caminhar sem um pânico paralisante. Ter coragem para arriscar novamente."
Gigantes é um livro que talvez para um jovem de 15 a 25 anos não pareça tão interessante pois não tem aquela emoção dos thrillers e nem ação dos livros de aventura. É um livro sobre a vida, sobre escolhas, decepções, conquistas, fracassos, frustrações, alegrias, atos e consequências e sobretudo sobre crescimento, tanto pessoal quanto profissional. Nos mostra que nem tudo vai sair como planejamos mas pode sair melhor. Ou pior. 

"Olharam-se com todo o carinho do mundo. E o tempo parou. Não estavam mais ali na areia, não eram mais os adultos que tinham se tornado sem nem perceber, tampouco eram os adolescentes que se conheceram na escola. Eram alguma coisa além de si mesmos, e a existência, apenas uma fantasia. Tinham se tornado eternos."

Gostei muito dessa leitura e recomendo mais pra galerinha que está pertinho dos trinta, acho mais fácil rolar essa identificação com os personagens e seus sonhos. Ao longo dos dez anos os cinco amigos seguem suas vidas e nem sempre seus caminhos estão ligados diretamente. Amizade pra mim não é estar perto o tempo todo, grudado, ligando o tempo todo. Amizade pra mim é aquilo que não importa se nos vimos ontem ou há 5 anos, mas sempre que nos vemos parece que nada mudou e não há cobranças e picuinhas, amizade também é uma forma de amor. 

Booktrailer.


| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D