Resenha: A Colônia (Ezekiel Boone)

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

A Colônia
Ezekiel Boone
R$ 31,80 até R$ 39,90
ISBN-13: 9788556510174
ISBN-10: 8556510175
Ano: 2016 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Suma de Letras

Nas profundezas de uma floresta no Peru, uma massa negra devora um turista americano. Em Mineápolis, nos Estados Unidos, um agente do FBI descobre algo terrível ao investigar a queda de um avião. Na Índia, estranhos padrões sísmicos assustam pesquisadores em um laboratório. Na China, o governo deixa uma bomba nuclear cair “acidentalmente” no próprio território. Enquanto todo tipo de incidente bizarro assola o planeta, um pacote misterioso chega em um laboratório em Washington... E algo está tentando escapar dele. O mundo está à beira de um desastre apocalíptico. Uma espécie ancestral, há muito adormecida, finalmente despertou. E a humanidade pode estar com os dias contados.

Meu Deus do céu, eu tô gritando até agora. Eu não costumo ter esses ataques por qualquer livro, só quando o negócio é muito mindblowing. E é exatamente o que eu acho que A Colônia é. Primeiro eu quero deixar bem claro que eu coloquei Ezekiel Boone, que mal conheço e já considero pacas, em um altar e todo dia acendo uma vela pra ele terminar de escrever logo a trilogia porque eu já estou sem condições de dormir direito. E aproveitando que hoje é HALLOWEEN, resolvi postar a resenha de um livro de terrorrrrrr! 

Assim que vi a capa do livro eu soube que queria lê-lo, mesmo eu tendo Aracnofobia real. Sim, eu morro de medo mesmo daquelas aranhinhas bem magrinhas que ficam nos cantinhos das paredes construindo sua teiazinha nojenta. Tarântulas e caranguejeiras me dão pavor de verdade e eu vomito, desmaio, e fico toda me coçando, mesmo não chegando perto delas. Simplesmente ao ver um filme ou ler um livro que fala de aranhas já me dá coceira. Estou me coçando só de escrever essa resenha. Estranhamente o mesmo acontece com formigas, quando há muitas delas juntas (?)! Pois é. But, who cares about me, right?

A Colônia, como a sinopse já diz, fala de uma espécie ancestral de aranhas que estava "hibernando" há mais de dez mil anos e agora resolveu que era hora de tirar o atraso e agora está literalmente comendo o mundo! O livro é narrado em terceira pessoa, através de múltiplos pontos de vista, países, cidades, continentes. Tudo começa no Peru, quando um grupo de turistas é bizarramente devorado vivo por uma onda negra. É assim que o autor se refere às aranhas no começo, pois ninguém sabe que são aranhas e ninguém ficou perto o suficiente, e sobreviveu, para contar. Apenas uma pessoa escapa deste terrível incidente, um bilionário da informática, e quando ele acha que nunca mais precisará pensar na cena bizarra que presenciou, seu avião particular cai em Minneapolis, de forma misteriosa, matando a todos os tripulantes.

Em Minneapolis, nos Estados Unidos, o agente Mike Rich é enviado ao local para saber se foi de fato um acidente que matou o empresário bilionário das empresas Henderson ou se foi um assassinato. Chegando ao local ele se depara com corpos carbonizados e praticamente irreconhecíveis, mas ele reconhece o bilionário e Mike quase morre de susto quando uma esquisita aranha sai de DENTRO da bochecha do homem morto. 

Em Washington, a Dra. Melanie Guyer, uma renomada especialista em aranhas, recebe em seu laboratório uma misteriosa caixa vinda por FedEx do Peru. Quando ela abre, nota que é uma bolsa de ovos calcificada, datada de mais ou menos DEZ MIL anos! Melanie fica extasiada com a descoberta de uma possível nova espécie, e toma um susto quando de repente a bolsa de ovos começa a eclodir. 


Na China, uma bomba atômica é "acidentalmente" lançada em seu próprio território. Não se tem notícias do país há seis dias. Nada na internet, não há sinal telefônico e não há nenhuma forma de comunicação. A Casa Branca está surtando pois logo começarão rumores. Ninguém sabe o que aconteceu na remota região onde a bomba nuclear fora lançada. O que eles estão tentando esconder? O que eles estão tentando conter? Manny, ex-marido de Melanie é chefe de gabinete da Casa Branca e é a pessoa de confiança da presidente Stephanie Pilgrim. 

Bom, não tenho como falar de todos os personagens porque são muitos, inúmeros mesmo, de várias partes do mundo. E é incrível ver como em cada lugar vão surgindo situações inusitadas e logo meio mundo é tomado por aranhas carnívoras e que se multiplicam com uma rapidez impressionante. As descrições que o autor fazia me causavam pânico e eu fiquei uma noite inteira acordada, sem conseguir apagar a luz, pensando que uma aranha iria aparecer e subir em mim. Sério, é aterrorizante! 

Este livro é só o primeiro de uma trilogia e aqui a gente pode ver como a praga de aranhas se alastrou rapidamente e como ela age. Apenas no final algumas descobertas são feitas pela Dra. Guyer e a mesma está trabalhando diretamente sob as ordens da presidente dos Estados Unidos. A população está em pânico e em poucas semanas o mundo inteiro poderá sucumbir a esta catástrofe de proporções bíblicas. 

Na boa, LEIAM ESSE LIVRO PELO AMOR DE DEUS. Ele é maravilhoso. A escrita de Ezekiel é alucinantemente fluída e quanto mais você lê, mais você surta e menos vontade de parar você tem. Apesar de ter muitos personagens e você não conseguir se apegar a praticamente nenhum, há alguns personagens que são mais importantes para a história e você fica torcendo para nada lhes acontecer, apesar do risco iminente. Além do mais, há várias histórias paralelas ao episódio das aranhas e o leitor se vê querendo saber o que será da vida dos personagens, o que vai acontecer com eles. 

Eu nunca fiquei tão ansiosa por uma continuação como estou pela de A Colônia. Esse livro poderia ter sido escrito pelo Stephen King hahaha. É tudo tão real que de repente você consegue imaginar que isso poderia de fato acontecer. Uma das coisas boas é que a entomologista, Dra. Melanie Guyer, apesar de arrogante, é extremamente inteligente e nos dá muitas informações acerca dos aracnídeos. Adorei saber um pouco mais de aranhas. 

Olha, eu não estou conseguindo organizar meu raciocínio para dizer mais nada. Só quero que todo mundo que curte terror, ficção científica e suspense, leia este livro pois ele é imperdível! 
A capa é maravilhosa, assustadora e tem essa textura meio aveludada que eu adoro. O livro está impecavelmente revisado e a diagramação está ótima. 

Se você já leu, deixa o seu comentário aí e vamos conversar sobre esse livro!!! 

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D