Resenha: O Senador (Fernanda Terra) Entre o Amor e o Poder - Livro #02

quarta-feira, 26 de outubro de 2016



Título: O Senador
Autor: Fernanda Terra
Edição: 2
Editora: Ler Editorial
ISBN: 9788568925263
Ano: 2016
Páginas: 364




Sinopse: A dureza e a arrogância do político Artur Scott se desmancha depois que Linda Stevens entra em sua vida. A jovem jornalista encontra nele um coração confuso e perdido, pronto para se entregar ao amor. E é apenas com ela que Artur consegue se esquecer do fascínio de sua carreira política precoce. Linda tem a força e a determinação necessárias para se impor na vida de seu homem de ferro, e nada poderá atrapalhar esse amor. Entretanto, a vida no Senado revelará inimigos mais próximos do que eles imaginam, que podem abalar seriamente a reputação dos Scott. 



O Senador é o segundo livro da trilogia Entre o Amor e o Poder, escrito pela autora nacional Fernanda Terra. Publicação da Ler Editorial. Como vocês já viram na resenha anterior, eu gostei bastante do primeiro livro dessa trilogia, mas acho que o segundo não manteve o nível.

Linda e Arthur seguem vivendo seu conto de fadas, eles estão morando juntos e dividindo seu tempo entre Nova York e Washington. Desde que Linda saiu do The New York Times, ela se dedica a novos projetos, um deles é o livro que conta a história da família Scott e outro é um projeto secreto que é extremamente pessoal. No meio disso Linda e Arthur tem de lidar com algo que está acontecendo por trás da empresa da família dele.

Duas coisas me incomodaram um pouco na narrativa e por isso a continuação para mim não foi tão boa quanto o primeiro livro. A primeira coisa foram as cenas de sexo em excesso no começo do livro, eu juro para vocês que parece que esse casal não saía do quarto nas primeiras vinte páginas e isso me irritou ao extremo, pois uma das coisas que eu mais elogiei no primeiro foi exatamente o fato de a autora ter conseguido um equilíbrio. Enfim, não curti e demorei até mesmo para entrar no ritmo do livro, pois a todo momento minha vontade era de pular as páginas. A segunda coisa foi o fato do nível de recalque dos personagens com o relacionamento de linda e Arthur, uns personagens nada a ver, que fazia séculos que não viam a Linda, que não conheciam o Arthur e aí chegam querendo meter o bedelho no relacionamento alheio? Não fez sentido para mim.

As coisas que me agradaram é que quando a história realmente começou, quando os personagens saíram do quarto, a trama tomou forma e me agradou. O fato de os personagens não serem cheios de mimimi e do eterno briga/separa/faz sexo também me agrada bastante. Não tem nada mais cansativo que esse looping de briga eterna que algumas autoras teimam em fazer.

Eu ainda não sei para onde essa história pode caminhar ainda, não sei mesmo pois tudo que poderia acontecer a esses dois já aconteceu, sabe quando você não imagina o futuro? Bem, estou assim.

A capa desse livro é linda, amei a diagramação também. Porém, mais uma vez o livro precisa de uma revisão urgente, tem muitos erros e o nome de um personagem está escrito errado algumas vezes, além de outros erros que saltam aos olhos. 


| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D