Resenha: Minha Melodia (Camila Moreira)

quarta-feira, 2 de novembro de 2016



Título: Minha Melodia
Autor: Camila Moreira
Edição:
Editora: Suma de Letras
ISBN: 9788556510198
Ano: 2016
Páginas: 264



Sinopse: Dereck chegou ao fundo do poço. Sem suportar a dor de perder um grande amor, ele se entrega ao sofrimento e mergulha no lado obscuro do rock; com sexo e drogas. Com a carreira em risco, o astro volta ao Brasil um ano depois do casamento de Maria Clara e Alexandre Ferraz, em uma última tentativa de retomar o sucesso e superar o passado. Ao chegar, Dereck reencontra a mulher que nunca esqueceu. A mulher que conheceu no momento mais difícil de sua vida e que conseguiu acalmar seu coração com um sorriso. “Reconheci em sua voz o mesmo sofrimento que o meu, mas também vi em seu olhar a vontade de seguir em frente.” E não demora para que Dereck perceba que apenas ela poderá tirá-lo do abismo em que se encontra.



Minha Melodia é o Spin-Off da duologia O Amor Não Tem leis, da autora nacional Camila Moreira publicada pela Suma de Letras. Não é segredo para ninguém que eu adoro as narrativas da Camila, ela é aquele tipo de autora que você começa e não para mais de ler.

Dereck tem uma carreira de sucesso na música, mundialmente famoso o cantor está em turnê pelo mundo. Depois de abrir mão de sua felicidade ao lado de Maria Clara ele se perdeu, a música não faz mais sentido, ele está tendo ataques de pânico, bebendo, usando drogas e sexo para esquecer sua desilusão amorosa. Quando em uma noite ele cai em coma alcoólico, ele encontra a Dra. Manuela, médica de Clara, que vira sua vida de cabeça para baixo.

Acho que não só eu, mas todos que leram O Amor Não Tem Leis estavam muito ansiosos para ler a história do Dereck, confesso que eu não esperava que essa história fosse pesada ao ponto de vermos um lado muito mais sombrio do roqueiro que de certa forma parecia um cara tão de boa. Ele realmente se envolve com drogas de uma maneira que o deixa cada vez mais doente não só física, mas psicologicamente. Daí você pensa "Pow, mas tudo isso por uma mulher?" e eu entendo totalmente esse pensamento, mas quando Dereck perdeu Clara, ele perdeu também a música de certa forma e eu acho que foi isso que mais pesou, não a perda da mulher, mas a questão de não conseguir mais cantar e tocar e é aí que as drogas entraram, como uma muleta que o possibilitava continuar.

O casal mais improvável, pois quando terminei a duologia, eu pensava que Manu ia ficar com Diego pela proximidade que eles mostraram após o acidente, mas Camila Moreira vem nos surpreender e colocar um casal extremamente balanceado, não só por serem as "segundas opções", mas por Manu ser toda responsável e Dereck ser mais "porra louca" eles fazem o casal perfeito. Um reconhece a dor do outro.

Há muitas cenas mais quentes no livro, mas o que baseia a relação entre Manu e Dereck é a amizade e o companheirismo que eles desenvolvem ao longo da narrativa. Apesar de querermos bater com a cabeça no roqueiro para ele cair na real em algumas partes.

Eu amei essa capa, acho que tem absolutamente tudo a ver com o Dereck. A diagramação está ótima e ajuda muito para a fluidez da leitura. Enfim, acho que os fãs de O Amor Não Tem Leis vão adorar essa história e eu já estou ansiosa para a história do Diego.

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D