Resenha: Ligeiramente Pecaminosos (Mary Balogh)

domingo, 11 de dezembro de 2016



Título: Ligeiramente Pecaminosos
Autor: Mary Balogh
Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580416176
Ano: 2016
Páginas: 272
Tradutor: Ana Rodrigues



Sinopse: Em meio à Batalha de Waterloo, lorde Alleyne Bedwyn é ferido e dado como morto pela família. Ao acordar, ele se vê no quarto de um bordel sem lembrar quem é ou como foi parar ali. Sua única certeza é que deseja conquistar o coração do anjo que cuida dele todo dia.Contudo, assim como ele, Rachel York não é quem parece. Depois de enfrentar uma situação difícil, que a levou a viver numa casa de pecados, agora a bela e inteligente jovem precisa recuperar seu dinheiro e as economias das amigas prostitutas, roubados por um falso clérigo. E o belo soldado de quem vem cuidando parece perfeito para se passar por seu marido e ajudá-la em seus planos.Porém, apesar de ter perdido a memória, Alleyne não perdeu nada de sua sedução. De volta a Londres, os dois se envolvem em um escândalo pecaminoso e, a cada beijo, esquecem que seu relacionamento é apenas uma farsa e ficam mais perto de se entregar à paixão.Neste quinto livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh apresenta um romance repleto de humor, com personagens carismáticos que o leitor não conseguirá abandonar ao fim da história.



Ligeiramente Pecaminosos é o quarto livro da série da Mary Balogh, aqui no Brasil foi publicado pela editora Arqueiro.

Alleyne Bedwyn é o irmão mais novo do conde de Bewcastle, ele é jovem, cheio de ideais e está ocupando um cargo diplomático no meio da batalha de Waterloo, quando é atingido na perna, cai do cavalo e perde a memória. Quando Rachel, uma garota que foi enganada e está vivendo com as amigas prostitutas o encontra e salva sua vida, Alleyne mesmo sem saber acaba se apaixonando por ela.

A narrativa de Mary como sempre é encantadora, ficamos sabendo o que aconteceu durante o livro anterior enquanto Morgan estava sofrendo a perda do irmão, ele estava distante e perdido.

As cenas entre Alleyne e Rachel são muito fofas, eles se tornam amigos e logo depois se tornam algo mais o que acaba por abalar a relação de ambos e eles acabam se afastando, quando eles vão juntos recuperar uma herança de Rachel junto ao tio nobre dela, acabam se reaproximando de novo.

Os personagens secundários também são um encanto há mais, as amigas de Rachel são extremamente divertidas as cenas protagonizadas por eles despertam muitas risadas.

A capa do livro é maravilhosa, adoro essas capas dessa série. A diagramação está ok. Enfim, ótima pedida pra quem ama romances históricos.

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D