Resenha: Amor plus size (Larissa Siriani)

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017


Amor Plus Size
Larissa Siriani
R$ 19,40 até R$ 29,90
ISBN-13: 9788576865230
ISBN-10: 8576865238
Ano: 2016 / Páginas: 280
Idioma: português
Editora: Verus
Maitê Passos é uma garota linda, de dezessete anos e mais de cem quilos. Ela passou a infância e a adolescência sendo resumida ao peso. Mas e quando é justamente esse o fator que pode mudar completamente a sua vida?
Em meio ao turbilhão do ensino médio, com uma mãe obcecada por dietas, um crush antigo por Alexandre, o cara mais gato da escola, e uma amizade deliciosa com Isaac, fotógrafo amador, Maitê vai descobrir que não precisa ser igual a todas as outras meninas para ser feliz. 
Neste romance corajoso e cheio de reviravoltas, Larissa Siriani narra a história de uma jovem descobrindo seu lugar no mundo, construindo uma jornada incrível de autoconhecimento, aceitação e empoderamento.

Maitê é uma garota de 17 anos, ela é linda e pesa mais de cem quilos. A mãe de Maitê é a louca obcecada por dietas e só sabe fazer pressão para a garota fazer dietas porque ela precisa emagrecer. A Maitê está no terceiro ano do ensino médio, passando por todo aquele sufoco de vestibular, ENEM, etc., e não bastando ter que lidar com a mãe em casa, precisa lidar com o bullying que sofre na escola a partir das outras garotas, seguidoras da ditadura da beleza. 

A Maitê tem um crush pelo Alexandre, o garoto mais lindo do colégio. E também tem um melhor amigo incrível, Isaac, que é fotógrafo amador (Inclusive, quero.). Depois de uma decepção amorosa com Alexandre, Maitê sai com Isaac para um parque, pra espairecer e então ele começa a fazer umas fotos dela. E nessa brincadeira, as fotos de Maitê vão parar nas mãos de um amigo do pai do Isaac, que é tipo um olheiro de modelos, e convida a garota a ser modelo plus size. 

A partir daí a vida de Maitê muda totalmente e começa a surra de reflexões que esse livro, um livro YA pode causar em uma adolescente. Durante toda a sua vida Maitê foi resumida ao seu peso e o que fazer para emagrecer para preencher os requisitos da indústria da moda e beleza. Maitê aos poucos começa a ver que ela não precisa ser igual a todo mundo para ser bonita, que ela não precisa ser magra pra ser bonita e que ela tem que se amar a cima de tudo. 

Sobre a mãe da Maitê, a gente sabe que ela ama a filha e que tudo que está fazendo é para o bem da garota, mas ela não entende que agindo dessa forma, mais prejudica do que ajuda a filha e é bem legal acompanhar o desenvolvimento da relação entre mãe e filha quando a adolescente enfim se aceita como gorda. 




Outra coisa bem legal de ver aqui foi algo que me chamou bastante atenção: a Maria Eduarda, que é a "queen bee", aquela que faz mais bullying com a Maitê do que as outras. Foi interessante ver que ela não é essa "bitch" totalmente sem sentimentos. Ela tem inseguranças e medos como qualquer pessoa. E tem uma cena dela com a Maitê que é muito bacana. Uma das lições que a autora coloca na história é que não é porque você é linda, magra, popular, rica, etc., que você é necessariamente feliz. 

Sobre o romance, achei clichê sim, mas nem por isso é ruim. Shippei ela e o Isaac desde a primeira cena em que ele aparece. E quando ele cozinha pra ela, ai gente... Quero pra mim viu?! A coitada passa fome em casa porque a mãe dela só quer que ela coma folhas, aí ela vai pro seu refúgio gastronômico, o apartamento do Isaac, que é no mesmo prédio, onde pode comer todas as gordices que sua mãe não pode nem sonhar que ela come. Achei fofo demais. Muito amorzinho. 

Acho que esse livro é bem interessante, diferente da maioria dos YA's que vemos por aí onde a personagem principal é sempre magra, bonita, etc. Amor plus size fala de autoaceitação, auto confiança, amor próprio, empoderamento e além de falar sobre uma garota gorda, tem também o outro lado, a magreza excessiva, doente, que vem com os problemas de bulimia e anorexia. E tem muitos outros temas que com certeza permeiam o cotidiano das adolescentes brasileiras e a Larissa Siriani nos ensina aqui a como assumir a nossa beleza do jeito que somos. Acima de tudo, Amor plus size fala muito de empoderamento, um tema super recorrente atualmente. 

Eu adorei Amor plus size e com certeza vou indicar pra todo mundo que eu conheço. A capa é a coisa mais linda e a diagramação é ok também. Sem erros que prejudicam a leitura, e o papel amarelo contribui para um conforto maior durante a leitura. É um livro leve, apesar dos temas abordados, que você consegue ler bem rapidinho, numa tarde quente de verão. Leiam!!! 

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D