Crítica de filme | O Chamado 3 (2017)

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

FICHA TÉCNICA
O Chamado 3
AUTOR: Ariel Souza
LANÇAMENTO: 02 de fevereiro de 2017
SINOPSE : Julia (Matilda Anna Ingrid Lutz) fica preocupada quando seu namorado, Holt (Alex Roe), começa a explorar a lenda urbana sobre um vídeo misterioso. Lenda esta que diz que quem assiste morre depois de sete dias. Ela se sacrifica para salvar seu namorado e acaba fazendo uma descoberta terrível: há um "filme dentro do filme" que ninguém nunca viu antes.
ELENCO: Matilda Lutz, Alex Roe, Vincent D'Onofrio, Johnny Galecki
DIREÇÃO: F. Javier Gutiérrez
GÊNERO: Terror
ROTEIRO: David Loucka, Jacob Aaron Estes, Akiva Goldsman
DISTRIBUIDORA: Paramount Pictures

O Chamado 3, que anteriormente seria Chamados, pois lá fora o filme tem o nome de Rings, é uma espécie de prequel (mesmo sendo 13 anos depois) da história de O Chamado, franquia de sucesso que conta a história de Samara Morgan, uma garotinha que mata depois de sete dias aqueles que veem uma estranha fita com imagens perturbadoras. 

Todo mundo certamente deve conhecer a história de Samara e de como ela foi jogada ainda com vida num poço e permaneceu viva por sete dias. Muitos anos depois de a jornalista Rachel desvendar o mistério de Samara e finalmente resgatar o cadáver da menina do poço, todos pensaram que isso finalmente daria paz ao espírito de Samara e poria fim à maldição. Porém não é bem isso que acontece. Nesta história conhecemos o passado de Samara, a história por trás da maldição da fita VHS.


Eu preciso comentar a primeira cena do filme, que se passa num avião e é completamente desnecessária, sem contar o fato de que é absurdamente ridícula e que eu achava que era uma pegadinha ou até mesmo um comercial do filme. Ela destoa totalmente do filme e não acrescenta em absolutamente nada à história. Cancela! Uma cena totalmente paspalhona que mostra Samara atacando fora de seus domínios, em pleno ar. Gente, vamos modernizar o negócio mas pera lá né?!

Completamente contemporâneo, eu diria que até demais, O Chamado 3 traz à tona novamente a maldição do vídeo mortal, só que agora não é mais numa fita VHS, e sim em um arquivo facilmente compartilhável e viral, que pode ser acessado de qualquer lugar, inclusive de um smartphone. Algo que é anexado por e-mail e pode fazer milhares de vítimas de uma só vez. Só que agora a maldição tem um plus: não basta fazer uma cópia para se livrar do espírito vingativo de Samara, a pessoa tem que mostrar pra alguém também. E é assim que Julia (Matilda Lutz) se envolve nessa história. 

A trama principal é sobre o jovem casal Julia (Matilda Lutz) e Holt (Alex Roe), onde o rapaz vai começar sua nova vida de universitário e deixa para trás a bela e devota namorada. Quando Holt para de dar notícias e Julia recebe uma estranha chamada de uma garota pelo skype de Holt, ela surta e resolve ir até a cidade onde ele estuda. Chegando lá, ela vai procurar o professor de Holt, Gabriel, que foi quem Holt disse que iria encontrar na última vez que eles se falaram. Gabriel é vivido pelo ator Johnny Galecki, o Leonard de The Big Bang Theory. Gabriel desconversa e diz que não sabe de nada, mas Julia desconfia e vai investigar. 


Sobre essas partes onde ela vai investigar, quando ela encontra Holt e como fica sabendo da maldição, as pequenas descobertas que ela vai fazendo etc, é tudo tão surreal, mas tão surreal que dá vontade de rir. Parece aqueles mistérios adolescentes daquela série Goosebumps, que é inacreditável mas que você perdoa porque é feito para crianças. Sem contar o fato de que Samara parece estar com pressa para matar Julia, a coitada sofre vários "atentados" durante todo o filme. Mas olha só, se ela e Holt morressem a qualquer momento não iriam fazer falta, são personagens dispensáveis.

Não vou contar mais nada do enredo, prometo! Bom, vamos lá. Tirando a primeira sequência do avião, o filme até estava legal e eu realmente tinha sentido que não tinha saído de casa à toa, pois estava vendo um lado da história que nunca antes tinha sido explorado. Achei interessante eles usarem a história da Samara para fins de experimento coletivo com explicações neurológicas, mas infelizmente eles só deram uma pincelada bem rápida nisso e nos deixaram a ver navios, pois realmente foi só para encher linguiça no roteiro. 

Apesar das atuações medíocres, da apatia e falta de carisma dos personagens, dos diálogos fracos, e os elementos clichês como o fantasma na beira da estrada, a igreja abandonada, etc, eu realmente estava achando OK e estava "engolindo" a história. Mas aí, eles resolvem estragar tudo e colocar um final desprezível, onde claramente você percebe que o único objetivo do filme é lucrar. 

O final claramente dá abertura para mais sequências e eu fico me perguntando pra quê. Será que a falta de inspiração em criar algo novo é tão grande a ponto de eles quererem extrair leite de pedra desta franquia que não tem mais nada para ser explorado? Eu acho que eles deveriam ter acabado o filme no momento em que o mistério é solucionado mas realmente o final acabou com o filme. Bom, se você quiser ir ver no cinema é por sua conta e risco, sugiro que vá no dia mais barato haha. Eu como fã de filmes de terror, me decepcionei muito com este filme que é de longe o pior da franquia (consegue ser pior que o segundo!). 

Até a próxima, pessoal! 

Trailer:

| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D