Crítica | Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017)

terça-feira, 4 de julho de 2017



Título Original: Spider-Man: Homecoming
País: EUA
Classificação: 12 anos
Estreia: 6 de Julho de 2017
Duração: 118 min.
Direção: Jon Watts
Roteiro: John Francis Daley , Jonathan M. Goldstein
Elenco: Tom Holland , Marisa Tomei , Zendaya Coleman , Michael Keaton
Distribuidora: Sony Pictures 
Sinopse: Depois de atuar ao lado dos Vingadores, chegou a hora do pequeno Peter Parker (Tom Holland) voltar para casa e para a sua vida, já não mais tão normal. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre (Michael Keaton) surge amedrontando a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava.



O Cabeça de Teia favorito volta às telonas em sua melhor forma. Sou fã assumido de Homem-Aranha e tentarei ser o mais imparcial possível (apesar de que fui à loucura do começo ao fim do filme).

Em De Volta ao Lar acompanhamos o primeiro ano do Amigão da Vizinhança como herói, com direito a cenas de lutas incríveis, dramas adolescentes e muita comédia. E dessa vez nada de origens, aranhas radioativas e nem Tio Ben morrendo. Aqui o papo é reto e o foco é o Teioso aprendendo a ser um herói responsável e tendo que lidar com os dramas da puberdade. O filme se passa logo após os eventos de Capitão América – Guerra Civil, que foi onde vimos pela primeira vez o Homem-Aranha no Universo Marvel.




Aqui vemos o jovem Peter Parker/Homem-Aranha (Tom Holland) no auge dos seus 15 anos, (sim, nas HQs Peter ganhou seus poderes aos 15 anos, ou seja, para os fãs já começa bem) deslumbrado com a vida de super-heróis, sonhando em finalmente entrar para os Vingadores, e para isso tem que ganhar a confiança de Tony Stark/Homem de Ferro (Robert Downey Jr). 


Além disso tudo, Peter tem que lidar com problemas com dinheiro (ou falta dele), viver e estudar como um adolescente comum e cuidar de sua identidade secreta para que Tia May (Marisa Tomei) não a descubra.


Como se não bastasse as complicações na vida do Aranha, surge um novo vilão: Adrian Toomes/Abutre (Michael Keaton), que rouba as tecnologias alienígenas Shitauri (como vimos no primeiro filme dos Vingadores) e cria armas poderosas para vender no mundo do crime.

Confesso que o filme já havia me ganhado só na seleção de elenco. Keaton como vilão canastrão fez meu coração disparar de emoção. Mas Tom Holland e seus parceiros mirins são os pontos alto do filme, responsáveis pelas melhores cenas de comédia.


Algumas pessoas podem estranhar ver alguns personagens “novos”, mas são velhos conhecidos dos quadrinhos que, mesmo com suas etnias mudadas, mantem suas características, como Flash Thompson (Tony Revolori) que continua o mala que pega no pé do Peter, Liz Allan (Laura Harrier) que é a primeira paquera do Pete, Ned Leeds (Jacob Batalon) é amigão do herói e responsavel pelas cenas mais cômicas do filme. Jon Favreau e Gwyneth Paltrow voltam como Happy e Pepper Potts, respectivamente.


E não só amigos clássicos estão na área, mas vilões menos conhecidos do público estão atormentando o Teioso, como Herman Schultz/Shocker (Bokeem Woodbine), Phineas Mason / Consertador (Michael Chernus) e, um dos meus favoritos, Mac Gargan/Escorpião (Michael Mando).

Com um elenco de peso, roteiro escrito por Jonathan M. Goldstein, John Francis Daley, Jon Watts, Christopher Ford, Chris McKenna e Erik Sommers (sim, 5 roteiristas), o diretor Jon Watts fez uma obra, um filme redondinho e bem amarrado.


Finalmente um Homem-Aranha correto, fiel e, acima de tudo, humano, com vilões humanos. Tudo que fez o Cabeça de Teia o meu super-herói favorito está aqui, bem escrito e bem dirigido. Misturando comédia dos anos 80, ação, heroísmo e muita referência aos quadrinhos, Homem-Aranha – De Volta ao Lar vai agradar a todo o público, de todas as idades, e estreia nos cinemas Brasileiros dia 06 de julho de 2017.



| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D