Resenha | Meu maior presente (Mila Wander)

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Meu Maior Presente
Mila Wander
R$ 25,90 até R$ 39,90
ISBN-13: 9788542210200
ISBN-10: 8542210204
Ano: 2017 / Páginas: 352
Idioma: português
Editora: Essência


Lucas – “Não escolhemos o amor, é ele quem nos escolhe. Mas e se essa escolha estiver errada? ”

A história de um amor proibido, escrita pela mesma autora do sucesso O Safado do 105 Lucas foi abandonado num orfanato e só aos nove anos de idade ganhou o presente que mais desejava: uma família. Mel nasceu na família perfeita. Seu pai, sua mãe e seu irmão, dez anos mais velho, a amavam. Ela era o xodó dos Carvalho Lemos. O que ninguém esperava era que, na adolescência, Mel começasse a olhar de um jeito diferente para Lucas, seu irmão adotivo, seu protetor, seu motorista de baladas, seu confidente. Ele também a percebeu diferente, a desejou e seu amor fraterno se transformou em outra coisa. Lucas, porém, não podia deixar que esse novo e assustador sentimento arruinasse seu sonho de ser amado por uma família. Mas o que fazer com a vontade de seu coração e seus desejos? Mel, com certeza, sabia o que fazer. Mel – “Só me sinto viva com você. Só me encontro em você. ”


O que é certo? E o que é errado? Pode um sentimento verdadeiro que brota do coração ser errado?
Com essas perguntas eu começo essa resenha. Um livro que enfoca um tema que gera um certo preconceito, mas que foi conduzido com muita sensibilidade pela autora.
 
Lucas viveu em um orfanato até os nove anos, como sua mãe o abandonou com dois anos ele acabou sendo descartado pelos casais que procuravam adotar crianças por não ser um bebê como a maioria prefere.
 
Até que ele escreve cartinhas para o Papai Noel, pedindo um pai e uma mãe, e essas cartinhas vão parar nas mãos de Heloísa e Levi, que eram solteiros e se ofereceram para levar Lucas para jantar na noite de Natal como se fossem uma família, mas explicaram para eles que seria apenas um jantar. Mas eles acabaram se apaixonando e finalmente Lucas realizou seu desejo de ter uma família, e ainda ganhou uma irmãzinha, a Mel.
 
Tudo ficou perfeito até que quando Mel completou 15 anos, Lucas vê o que sente por sua irmã mudar, não era mais apenas aquele amor fraternal, era muito mais que isso. Então passamos acompanhar o desespero de Lucas ao lutar contra esse sentimento, ele sabia que poderia perder sua família, seus pais não concordariam com isso. Isso destruiria sua tão sonhada família. 
 
Eu amei o jeito que a Mila abordou esse assunto, que embora seja muito polêmico e divida opiniões, ela contou essa história com muita naturalidade, com uma escrita fluida, que conquista nas primeiras páginas, e conduzindo a história com uma carga dramática que muitas vezes, comove o leitor, pois é contada sobre o ponto de vista do Lucas que é quem mais sofre nessa relação, desde ele resolver se afastar para tentar esquecer esse amor até assumir e encarar todas as barreiras e preconceitos, principalmente em relação a família. Eles não eram irmãos de sangue, mas foram criados como sendo, eram amados pelos pais do mesmo modo, sem distinções. Então será difícil para os pais deles encararem essa relação com naturalidade.


Mas tudo se torna ainda mais difícil depois que ele descobre que a Mel também nutre o mesmo sentimento por ele, e está decidida a lutar por esse amor. E ela também sofre com o distanciamento deles.
 
A única coisa eu senti falta, foi que a autora focou muito no casal, e deixou o resto um pouco de lado, como por exemplo, Lucas é um advogado de destaque, mas ela não mostra o seu dia a dia no escritório, acho que isso enriqueceria mais a trama, mas isso não prejudicou em nada o desenrolar da história, apenas acrescentaria.
 
Publicado pela editora Planeta de Livros do Brasil pelo selo Essência, a edição ficou de excelente qualidade, com páginas amareladas e letra de um tamanho confortável.  Um ponto que me incomodou foi que a capa apesar de ser linda, remete a um conteúdo mais erótico, o que neste livro a meu ver é mais dramático, apesar de ter cenas muito sensuais. Eu gostava mais da capa anterior.


| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D