Crítica | Liga da Justiça (2017)

quarta-feira, 15 de novembro de 2017


Data de lançamento 16 de novembro de 2017 (2h 00min)
Direção: Zack Snyder
Elenco: Ben Affleck, Henry Cavill, Gal Gadot mais
Gêneros Ação, Ficção científica
Nacionalidade EUA
Distribuidor WARNER BROS.

Sinopse: Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman (Henry Cavill), Bruce Wayne (Ben Affleck) convoca sua nova aliada Diana Prince (Gal Gadot) para o combate contra um inimigo ainda maior, recém-despertado. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha buscam e recrutam com agilidade um time de meta-humanos, mas mesmo com a formação da liga de heróis sem precedentes - Batman, Mulher-Maraviha, Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e Flash (Ezra Miller) -, poderá ser tarde demais para salvar o planeta de um catastrófico ataque.

O grande trunfo atual de Hollywood é resgatar o que temos de mais precioso dentro de nós: a nostalgia. As lembranças de uma época em que éramos felizes, que despertava sentimentos que dificilmente sentiríamos futuramente.

Liga da Justiça faz justamente todos esses sentimentos brotarem.
Batman (Ben Affleck) lidera a equipe composta por Mulher Maravilha (Gal Gadot), Flash (Erza Miller), Ciborg (Ray Fisher) e Aquaman (Jason Momoa).


Após a morte do Superman (Henry Cavil), a Terra vira alvo de ataques alienígenas. Dessa vez o Lobo de Estepe, um conquistador interplanetário, vem ao nosso planeta em busca das Caixas Maternas para purificar (leia erradicar a humanidade) e apenas os maiores heróis do mundo podem evitar a catástrofe.

Todos personagens funcionam muito bem, com direito a intrigas e conflitos internos e cada um tem sua função muito bem definida na equipe. Batman e Mulher Maravilha são as inspirações do grupo, já o Flash é o alívio cômico da equipe (como sempre), o Ciborgue é o canivete multiuso da equipe, traz o drama para o filme e nos deixa desejando ver os Jovens Titans em um possível futuro filme, mas o destaque dessa vez fica por conta do Aquaman do Momoa, que está incrível e nos deixa ansiosos para o seu filme solo, previsto para 2018.


Dirigido por Zack Snyder (Homem de Aço, Batman vs. Superman) o filme passou por muitas modificações e muitas cenas regravadas, devido a problemas pessoais  de Snyder, então entra em cena Joss Whedon (diretor de Os Vingadores, Os Vingadores - A Era de Ultron) como roteirista e coloca um pouco de ordem na casa.

Diferente dos filmes anteriores, Liga da Justiça sai dos tons sombrios e ganha cores e um clima mais leve, mas mantem as cenas épicas de luta que são de tirar o fôlego. E se você quer fan-service, Liga da Justiça é um prato cheio, como cenas e diálogos que remetem as animações clássicas da Liga da Justiça (lembram daquele que passava no SBT?), enquadramentos que remetem a páginas de quadrinhos, músicas clássicas como o Tema do Batman.



Muitos esperavam ansiosos por esse filme, afinal temos os maiores ícones dos quadrinhos finalmente reunidos em um filme que faz jus à sua grandeza, nos fazendo novamente viver aqueles bons sentimentos, voltando a acreditar em Super-Heróis e que o bem sempre vence.

Liga da Justiça tem estreia mundial dia 15 de Novembro.

Ah! Uma dica, não saia do cinema assim que subir as primeiras letras, pois tem duas cenas pós créditos, uma no começo e uma no finzinho.



| comente (:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz se você me der a honra de ter o seu comentário aqui no meu blog. O blog sobrevive dos seus comentários, seja legal, comente nos blogs que visita! :D