Resenha | Ainda sou eu (Jojo Moyes) Como eu era antes de você #03

Ainda Sou Eu
Como Eu Era Antes de Você # 3
Jojo Moyes
R$ 24,90 até R$ 31,92
ISBN-13: 9788551002810
ISBN-10: 8551002813
Ano: 2018 / Páginas: 400
Idioma: português
Editora: Intrínseca
Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik — Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou.Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?Sequência dos romances Como eu era antes de você e Depois de você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda sou eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança.

Como eu era antes de você é um dos meus livros favoritos. Sei que muitos não gostaram de saber que a história da Lou seria uma trilogia, concordo que o primeiro livro foi perfeito e eu ficaria satisfeita com aquele final, mas confesso que adorei Depois de você e fiquei feliz porque a Jojo continuou contando essa história. Quando a Intrínseca anunciou o lançamento de Ainda sou eu fiquei animada, porque o fim do livro anterior abriu um mundo de possibilidades pra Lou e eu estava curiosa pra saber o que iria acontecer.

Reencontrar a Lou nessas páginas foi como rever uma velha amiga. Não sabia que eu estava com tanta saudade dela até começar a ler e abrir aquele sorriso ao ouvir a sua voz. Ainda sou eu começa com a Lou no aeroporto dos Estados Unidos, toda empolgada, nervosa e atrapalhada com esse novo começo. Daquele jeitinho Lou encantador de ser e não tem como não sentirmos o mesmo que ela com essa mudança.

“Temos que agarrar as oportunidades quando podemos.”

Lou vai trabalhar para os Gopniks, e ser “assistente” de Agnes, que tem a mesma idade que ela e é bem mais nova que o marido. As pessoas da alta sociedade não a recebem bem, porque a primeira esposa de Leonard foi trocada por ela. Agnes não se sente bem em ir nos eventos por causa das hostilidades das outras mulheres e vive afirmando pra Lou que considera ela uma amiga. Lou aprende a conviver com os humores alternados de Agnes e sabe que ela esconde algo. Em um desses eventos Lou conhece o jovem Joshua e ele tem muito do Will.

Will é lembrado nesse livro através das cartas que escreveu quando estava em Nova York e que a mãe dele envia pra Lou, para quem sabe ela ir nos mesmos locais que ele. Lou também lembra dele naqueles momentos em que ela não sabe muito bem o que fazer, e quando ela fica sabendo das manifestações para salvar uma biblioteca lembra do que o Will falou sobre os livros e resolve ajudar.

“Os livros nos ensinam sobre a vida. Os livros ensinam sobre empatia. Mas não dá para comprar livros se você mal tem suficiente para pagar o aluguel. Então aquela biblioteca é um recurso vital! Ao fechar uma biblioteca, Louisa, você não acaba só com uma instalação, você acaba com a esperança.”

Entre as preocupações do trabalho e novas amizades se formando, o relacionamento dela com a irmã melhora, mas com o Sam é um desafio. Estava tudo muito recente quando ela aceitou esse novo emprego e parece que eles não conseguem disponibilizar um tempo pra ficarem juntos, mas Sam vai até NY é tão lindo ver os dois juntos. Sério, acho que gosto mais do Sam do que do Will. Só que nada na vida da Lou é fácil, aconteceram umas coisas que me deixaram bem chateadas e durante uma parte do livro não foi uma leitura agradável. A Lou estava deixando que apagassem seu brilho, e eu não estava gostando do rumo que a história estava tomando, mas assim como na nossa vida, tem aquelas pessoas que são enviadas para abrir nossos olhos (se permitirmos) e foi tão bom ver o crescimento da Lou. Foi tão bom ver que ela continuava sendo ela e se transformando na sua melhor versão.

“Tentei pensar no que queria de verdade, em vez de levar em consideração o que todos os outros pareciam querer para mim. (...) O problema, acho, era que eu nunca soubera que sonho era esse.”

Amei ler umas cartas presentes na história, gostaria que tivesse tido mais. Elas foram um dos melhores momentos do livro. Foi ótimo ver a Lou se encontrando, descobrindo o que queria e indo atrás dos seus sonhos. Tomando decisões difíceis mas finalmente colocando a sua felicidade em primeiro lugar. Lou é uma personagem muito querida por mim e que bom que a Jojo me deixou ter mais dela. 

Após ler os 3 livros, posso dizer que sim, era necessário ter uma continuação para Como eu era antes de você, porque assim como a Lou, acho que nós leitores tínhamos muito o que aprender ainda. Ao terminar Ainda sou eu meus sentimentos estavam em conflito, eu gostei do final? Não gostei? Por que a Jojo fez isso? Jojo foi tão má. Jojo foi tão boa. Sério que é uma trilogia? Esse é o fim mesmo? Sinceramente, espero que não seja o fim, embora já tenham confirmado que seja. Eu terminei essa leitura com gostinho de quero mais, poderia ter mais páginas, poderia ter um conto, poderia ter outro livro. Não queria dizer adeus pra Lou. Até entendendo o que a Jojo quis passar com esse final, mas ainda não consegui aceitar esse fim. Apesar disso foi uma boa leitura e espero que mais pessoas conheçam essa história que se tornou uma das minhas preferidas porque eu gosto muito desses livros que nos inspiram a ser pessoas melhores.

“Pensei em como somos moldados pelas pessoas que nos cercam e como precisamos ser cuidadosos ao escolhê-las exatamente por esse motivo. Então pensei também que, apesar de tudo, no fim talvez seja necessário perder todas elas para de fato descobrirmos quem somos.”


2 comentários via Blogger
comentários via Facebook

2 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Renata, tudo bem?
    Sou suspeita para falar dos livros da Jojo, pois sou apaixonada por eles, mas confesso que nesse livro em particular fiquei super frustrada com as ações do Sam.
    Bjkas

    http://www.acordeicomvontadedeler.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!