Top 5 Mães da Literatura


Oi gente!

Hoje trouxe um post que é uma lista de 5 mães incríveis da Literatura. E ai, vamos lá saber quem são essas heroínas?

1- Isabel Pullman (Extraordinário)



Quem não lembra da mãe do Auggie Pullman, de Extraordinário né? Isabel é aquela mãe tão maravilhosa que não consigo nem pensar em mais adjetivos para descrevê-la, pois ela é muito maravilhosa mesmo. Isabel desde que teve o Auggie soube que teria que enfrentar muitas dificuldades, entre cirurgias e bullying que o garoto sofreria durante toda a vida, ela sempre esteve preparada para enfrentar tudo para que seu filho fosse uma criança feliz. É muito emocionante a forma como ela cuida do Auggie, pra mim ela é a nº1!

2- Molly Weasley (Harry Potter)


Essa aqui é outra mãe maravilhosa. Aquela mãe que não ama só seus filhos, mas os amigos de seus filhos também. O coração de Molly é tão grande e tão puro, que pode apostar, sempre vai caber mais um! Ela vira uma fera se for pra defender àqueles que ama. Que mãe! Que mãe! Da vontade de morar la na casa dela né?

3- Wendy Torrance (O Iluminado)



Achou que só iriam entrar mães de livros fofos né? Então achou errado! hahaha Eu não podia falar de mãe sem falar da mãezona que é a Wendy Torrance, a mãe de Danny, o garotinho iluminado criado por Stephen King. Wendy é uma mulher forte, corajosa e uma mãe incrível que está preparada pra enfrentar qualquer coisa pra defender o seu bebê. E ela enfrenta o diabo pra conseguir salvar Danny de seu próprio pai, que está "possuido" e quer matá-lo. Uma mãe dessas, bicho! 

4- Kavya Reddy e Soli Valdez (Lucky Boy)

clique na capa para ler a resenha


Ahhhh gente, aqui não tem como não colocar as duas. Esse livro ainda não foi publicado aqui no Brasil mas eu espero muito que ele seja em breve, porque essa é uma história que todo mundo merece ler. 

Soli é uma adolescente imigrante ilegal nos EUA, que chega ao país sem saber que está grávida. Gravidez esta que é totalmente indesejada, porém nove meses depois, nasce Ignacio, e Soli se apaixona completamente por seu filho. Infelizmente Soli acaba sendo presa por ser ilegal, e seu filho, nascido nos EUA é tomado pelo Estado da Califórnia e levado para que seja adotado. 

Kavya Reddy, filha de imigrantes indianos, é uma mulher na faixa dos 30 anos, casada, emprego e vida estável e louca para ser mãe, mas incapaz de conceber um filho naturalmente. Quando ela desiste de tentar engravidar, eles vão a um centro de adoção. Quando seu olhar cruza com o de Iggy, ela sente uma ligação com o menino e quer iniciar o processo de adoção. Não há vilões e mocinhos neste livro. Há apenas duas mulheres lutando por um sonho, cada uma à sua maneira. Eu chorei tanto lendo esse livro, mesmo que eu não seja mãe (e nem tenha pretensão de ser), consegui me conectar com as duas. Esse livro é um TIRO! Leiam!!! 

5- Joy (O quarto)



Nossa, eu quase ia esquecendo da Joy. Ela é mãe de Jack, um garotinho de cinco anos que nasceu e vive com ela dentro de um quarto. O quarto é tudo que ele conhece, é o mundo completo dele. Jack é resultado do abuso que Joy sofreu quando tinha 19 anos, ao ser sequestrada pelo "velho Nick". Apesar de ele ser fruto de um estupro, ela o ama incondicionalmente e faz de tudo para proteger o menino. Transformar o cativeiro em um mundo fantástico é o que Joy faz para fazer com que Jack tenha uma infância o mais normal possível. Uma relação linda e emocionante!

Bom gente, essas foram as minhas escolhas. Espero que tenham gostado e se conhecem estas mães, comentem aqui o que acham. Que outras mães vocês colocariam?


1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário

  1. Oi Dana, tudo bem?
    Amei sua lista, mas na minha opinião, a Joy ficaria em primeiro lugar. O fato dela colocar seu próprio sofrimento de lado para criar um mundo para o filho é arrebatador.
    Bjkas

    http://www.acordeicomvontadedeler.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!