Resenha | Mister O (Lauren Blakely) Big Rock Livro #02

Mister O
Ele é o heroi mais desejado. Dar prazer é o seu superpoder.
Big Rock # 2
Lauren Blakely
Tradução: Carlos Szlak
R$ 17,90 até R$ 31,40
ISBN-13: 9788595810020
ISBN-10: 8595810028
Ano: 2017 / Páginas: 308
Idioma: português 
Editora: Faro Editorial

Nick Hammer tem a vida que todo cara sempre sonhou: dinheiro e mulheres lindas aos seus pés, que não esperam nada em troca além do melhor sexo de suas vidas. E tudo isso graças ao seu personagem, Mister Orgasmo, que saiu das páginas dos gibis para ganhar um programa na televisão. Agora Nick se tornou o mentor sexual de homens ao redor do mundo e o objeto de desejo de todas as mulheres. Para para Nick, e seu alter ego Mister O, a receita é simples: dar prazer, sempre! 


Esta resenha pode conter pequenos spoilers de BIG ROCK. Para ler a resenha de Big Rock clique AQUI.

Mister O é a sequência quase que direta de Big Rock. A história é sobre Nick, melhor amigo de Spencer (Big Rock) e Harper Holiday, irmã de Spencer. 

Nick é um famoso cartunista que tem um programa super famosinho na TV, em que o protagonista se chama Mister Orgasmo. É, eu sei o que você está pensando. Mas vamos lá... Nick tem a vida aparentemente perfeita: tem dinheiro, fama e faz muito sucesso com as mulheres. Só que a única mulher que ele quer, ele não pode ter, Harper, a irmã de seu melhor amigo, que já disse que se ele ousar se embandeirar (como diz a minha avó) pro lado da irmã dele, terá o cabelo raspado e a sobrancelha pintada de laranja. 

Harper pode ser filha do dono da Katherine's (maior rede de joalherias de Nova York, mais ou menos a Tiffany's da vida real), mas ela não vive às custas do pai não. Ela trabalha como mágica em festas infantis. Harper leva uma vida tranquila, mas ela é bem inexperiente no quesito romance. E tem um cara de quem Harper meio que está a fim, um pai solteiro que a contratou para animar a festa da filha. Só que Harper gagueja e não consegue formar nem uma frase completa na presença do cara. 

Harper e Nick são amigos desde os tempos de escola e a amizade deles é muito legal, eles tem intimidade e ficam super à vontade na companhia um do outro. E então Harper tem a brilhante ideia de pedir umas "aulas de namoro" a Nick, para tentar a sorte com o bonitão pai solteiro, e é CLARO que isso não vai prestar nada - ou vai prestar muito!

Eu adorei este casal. Gostei muuuuito mais do que o casal do primeiro livro. A história é muito mais legal e divertida, e também mais natural. Desde o começo sabemos que Nick é a fim de Harper, então não tem aquele "oh, acordei apaixonado por você". Harper é a melhor pessoa, é doce, engraçadíssima e super inteligente. Nick é fofo, mas é muito tarado, só pensa em sexo em todos os momentos, e também achei ele um pouco egoísta. 

Gostei muito do desenvolvimento dos acontecimentos e achei que a autora conseguiu imprimir bem a personalidade dos personagens, sem fazer com que eles sejam cópias dos anteriores. No começo eu até pensei que isso fosse acontecer, mas achei bem legal que em certo momento as coisas começaram a acontecer diferentes e foi ótimo. Harper não é inocentezinha apesar de ser inexperiente. Ela é até bem safadinha e provoca muito o Nick com fotos, gifs e mensagens safadas. As trocas de mensagens deles são cheias de safadezas, é super engraçado.

Novos personagens são acrescentados à trama e já temos um vislumbre do protagonista do próximo livro, Wyatt, irmão gêmeo de  Nick. Charlotte e Spencer aparecem algumas vezes e até acontece o casamento deles. A cena da conversa entre Nick e Spencer quando este descobre sobre Harper e Nick é hilária. Adorei. 

Em resumo eu gostei muito da história, como já disse, bem mais que o primeiro. Todos os livros são independentes mas se você ler fora de ordem vai acabar pegando alguns spoilers, mas apesar de serem poucos, pra quem não gosta de spoiler de jeito nenhum é bem chato. Então aconselho a ler na ordem. Li em duas noites, foi uma leitura super prazerosa e divertida. 

A diagramação é linda, tem até uma ilustração representando a personagem que Nick criou como sendo a Harper. Outra coisa que achei melhor em relação ao primeiro é que as cenas hot estão beeeeem hot mesmo, e não há nada de suavizações no vocabulário. Tive oportunidade de dar uma folheada no original, em inglês e constatei pelo que eu vi a tradução do Carlos Szlak está ótima. Recomendo sim! 
1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário

  1. Oi Dana, tudo bem?
    Já li esse livro e concordo que gostei muito mais dele do que o primeiro. Nick é engraçado, mesmo tendo seus momentos egoístas e Harper é fofa, sem contar que tem uma profissão diferente e empolgante.
    Bjkas

    http://www.acordeicomvontadedeler.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!