Resenha | Rio Vermelho (Amy Lloyd)

Rio Vermelho
Você confia em seu marido... Então porque está com tanto medo?
Amy Lloyd
R$ 18,00 até R$ 21,00
ISBN-13: 9788595810143
ISBN-10: 8595810141
Ano: 2018 / Páginas: 276
Idioma: português 
Editora: Faro Editorial

Há vinte anos, Dennis Danson foi preso pelo assassinato brutal de uma jovem no condado de Red River, na Flórida. Agora ele é o assunto de um documentário sobre crimes reais que está lançando um frenesi online para descobrir a verdade e libertar um homem que foi condenado erroneamente. A mil milhas de distância na Inglaterra, Samantha está obcecado com o caso de Dennis. Ela troca cartas com ele e é rapidamente conquistada por seu aparente charme e bondade para ela. Logo ela deixou sua velha vida para se casar com ele e fazer campanha para sua libertação. Mas quando a campanha é bem sucedida e Dennis é libertado, Sam começa a descobrir novos detalhes que sugerem que ele pode não ser tão inocente...


Só para vocês terem ideia são exatamente 23:25 do dia 27/06/2018, exatamente o dia e hora em que terminei este livro, que é “O” livro... Gente ainda to de boca aberta com a história que foi contada nesta obra, foi tanto “minha nossa!”, “meu Deus”, “misericórdia”, dita por mim em cada página do livro, que realmente estou em estado de choque, mas vamos lá!

Sam é uma garota ‘normal’ que mora na Inglaterra, ela acompanha tudo o que sai sobre o caso de Dennis Danson, um garoto que foi preso por ter cometido o assassinato de uma menina de 11 anos no condado de Red River (Rio Vermelho, no caso a inspiração para o nome do livro), ela é vidrada nesse caso, acompanha fóruns, debates e tudo mais sobre cada passo que acontece na vida de Dennis, por ela acreditar fortemente que ele é inocente. Passado algum tempo, ela toma coragem e começa a escrever uma carta para Dennis, que prontamente responde a ela e diz que gosta de conversar com ela, ou seja, vai dar casalzinho aí...

Sam é 95% um porre como protagonista, mas por causa da obsessão que ela tem com Dennis. É doentio! Gente que vontade dava de entrar no livro e chacoalhar ela e dizer ‘acorda pra vida’, porque REALMENTE é chato... Agora Dennis, aí é outro caso, cada página do livro é uma descoberta nova sobre o crime, os personagens secundários como Lindsay (melhor amiga de Dennis) e Carrie (produziu o documentário sobre o Dennis), que personagens bem trabalhadas ao longo dessa obra, Lindsay principalmente, porque você não descobre o papel dela até o fim da história, é surpreendente como ela se torna fundamental.

Dennis é aquele personagem de ficção que faz com que você não saiba que lado está até descobrir algum novo segredo disso, porque ele é misterioso, você sabe que ele guarda segredos, e não vai parar de ler o livro até descobrir o que é. 

O livro é narrado em terceira pessoa, acho que se fosse em primeira seria um pouco chato, como disse antes, Sam não me conquistou. A capa do livro é bem chamativa, acho que se tivessem deixado o título em inglês faria mais sentido no conjunto da obra, porque em nenhum momento do livro falamos “Rio Vermelho”, mas sim “Red River”.

A diagramação está linda, uma das coisas que a Faro sabe fazer e bem é trabalhar todo o design do livro. Além da cor da capa ser bem chamativa, para atrair o olhar do leitor.
Por fim, recomendo para quem gosta de suspense e investigação, esse livro é uma boa pedida, principalmente pelo desenrolar do caso Dennis Danson, a autora soube trabalhar em vários pontos a trama para que o leitor só largue o livro no final.

1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário

  1. Eu realmente não fui muito com a cara da Sam... Sério, as prioridades dela estão todas distorcidas, mas a história em si é muito boa e ficamos questionando a inocência de Dennis.
    Bjkas

    http://www.acordeicomvontadedeler.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!