Resenha | Serafina e a Capa Preta (Robert Beatty) (Serafina #1)

Serafina #1
Robert Beatty
R$ 27,90 até R$ 34,90
ISBN-13: 9788558890588
ISBN-10: 8558890587
Ano: 2018 / Páginas: 240
Idioma: português 
Editora: Valentina

Serafina nunca teve motivos para desobedecer ao seu pai e se aventurar além da Mansão Biltmore. Há espaço de sobra para ser explorado naquela casa imensa, embora ela precise tomar cuidado para jamais ser vista. Nenhum dos ricaços lá de cima sabe da existência de Serafina; ela e o pai, o responsável pela manutenção das máquinas, moram secretamente no porão desde que a garota se entende por gente. Mas quando as crianças da propriedade começam a desaparecer, somente Serafina sabe quem é o culpado: um homem aterrorizante, vestido com uma capa preta, que espreita pelos corredores de Biltmore à noite. Após ela própria ter conseguido – depois de uma incrível disputa de habilidades – escapar do vilão, Serafina arriscará tudo ao unir forças com Braeden Vanderbilt, o jovem sobrinho dos donos de Biltmore. Braeden e Serafina deverão descobrir a verdadeira identidade do Homem da Capa Preta antes que todas as crianças... A busca de Serafina a levará ao interior da mesma floresta que tanto aprendeu a temer. Lá, descobrirá um esquecido legado de magia, que tem relação com a sua própria origem. Para salvar as crianças, Serafina deverá procurar as respostas que solucionarão o quebra-cabeça do seu passado.




Serafina foi uma leitura tão prazerosa que vim te contar todos os motivos para você ir logo correndo para a livraria e adquirir o seu... 

Serafina é uma menina de 12 anos, que vive na Mansão Biltmore, ela sempre viveu escondida das pessoas que moravam na mansão, seu pai era um dos empregados e a poupava de se divertir e conhecer novas pessoas, sempre foram apenas eles dois.

Serafina é com muito orgulho a COR (Caçadora Oficial de Ratos), durante suas escapadas à noite, ela mantinha a mansão livre dos ratos, andava pela a casa, e pegava alguns livros emprestados. Em um dia, ela acaba se deparando com uma cena horrível, ela vê uma menina sendo perseguida por um homem de capa preta, o que acaba sendo um momento bastante tenso já que ela tem que escolher entre ajudar a menina ou se esconder, porque ela é uma das poucas que conhece detalhadamente cada parte da mansão.

Após este ocorrido, no outro dia ela encontra seu pai, e desesperada começa a contar o que lhe aconteceu, e ele não acredita... Ela, bem corajosa, ia expor sua imagem aos outros moradores da mansão para explanar tudo o que havia visto na noite anterior, nisso ela acaba conhecendo Braeden Vanderbilt, o sobrinho do dono da casa, e assim acaba nascendo uma linda amizade, e uma cumplicidade, ele ajudaria Serafina a descobrir a verdadeira identidade do homem da capa preta.

❝Nosso caráter não é definido pelas batalhas que vencemos ou perdemos, mas sim pelas batalhas que ousamos lutar❞.

O livro é bem fofinho, já sabia que seria uma história agradável, além de ser bem envolvente, a personagem é tão bem construída como criança, principalmente pelo enigma que envolve a verdade sobre Serafina, já que começamos a responder algumas perguntas, como: porque ela vive escondida de todos? Quem é a mãe da Serafina? E várias outras perguntas que você vai se fazendo ao longo do livro.

A obra é narrada em terceira pessoa, fazendo parte de uma trilogia que ainda não foi publicada no Brasil (então Valentina, acelera aí por favor haha). 

Por fim, a história é maravilhosa!!! Tem um linguajar simples, recomendo para todas as idades, principalmente para nossos leitores mirins que acredito que gostariam de conhecer e ter uma amizade com a Serafina.

por Carol Sousa
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!