Resenha | Antes Que as Luzes Se Apaguem (Jay Asher)

Antes Que as Luzes Se Apaguem
Jay Asher
R$ 9,90
ISBN-13: 9788582467107
ISBN-10: 8582467109
Ano: 2018 / Páginas: 256
Idioma: português
Editora: Astral Cultural
Por que colocar meu coração em algo que o destino simplesmente vai separar na manhã de Natal? Sierra e sua família vivem duas vidas: uma no Oregon e outra na Califórnia, durante as festas de fim de ano. Eles são donos de uma fazenda de árvores de Natal, mas este pode ser o último ano de Sierra na Califórnia com Heather, uma de suas melhores amigas.




O novo livro do autor de “Os Treze Porquês”, chegou no Brasil através da Astral Cultural, e é dessa obra que iremos conversar.

Nossa protagonista se chama Sierra, podemos dizer que ela tem duas vidas, uma em Oregon e outra na California. Sua família comercializa arvores de natal para as pessoas da região. Nesse livro também conhecemos sua melhor amiga Heather, que sempre passa com elas as festividades do natal, só que dessa vez a Heather arruma um namorado, e fica enchendo o saco da Sierra para que ela arranje também, para que sempre saiam em encontro de casal.

E nisso conhecemos Caleb (shippei mesmo!!!), só que ele esconde alguns segredos e sempre rola boatos sobre ele pela cidade, mas nossa baby não liga muito para isso, eles acabam se conhecendo mais, e como o livro se passa em clima de natal, a gente descobre no que vai dar toda essa história.

Eu amei esse clima natalino, principalmente porque já estamos bem pertinho do natal, e eu sempre tive uma queda por essas histórias de romance no natal, porque sou apaixonada por aquelas comédias românticas como “Surpresas do Amor”.

Achei um livro bem leve, com leitura rápida e a capa é linda. Em uma era de “fakes News”, vemos como é necessário não julgar, sem saber a verdade toda por trás. O que Sierra faz no livro é incrível, é saber conhecer o outro, ouvir e perdoar, o que cria um clima bem legal em toda a história.

Uma dica? Não comparem com “Os Treze Porquês”, leia com a mente aberta, sem criar expectativas de uma Hannah Baker, mas sim com a Sierra que é totalmente o oposto. Por fim, é um livro bonito e encantador.


Por Carol Sousa
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!