Crítica | Aquaman (2018)

Data de lançamento 13 de dezembro de 2018 (2h 24min)
Direção: James Wan
Elenco: Jason Momoa, Amber Heard, Willem Dafoe mais
Gêneros Ação, Aventura, Fantasia
Nacionalidade EUA

Arthur Curry (Jason Momoa), mais conhecido como Aquaman, ainda é um homem solitário, mas quando ele começa uma jornada com Mera (Amber Heard), em busca de um algo muito importante para o futuro de Atlantis, ele aprende que não pode fazer tudo sozinho.



"A DC não é só Batman". Diga adeus a era sombria e escura dos filmes da DC Comics. O Rei Arthur, também conhecido como Aquaman, chegou para reiniciar uma nova era para os filmes baseados em quadrinhos da mesma casa do Superman, Batman e Mulher Maravilha.



Aqui vemos Arthur Curry (Jason Momoa), já apresentado no filme da Liga da Justiça (2017), um meio-sangue (metade humano, metade atlante), que está sendo pressionado a ocupar o trono como rei de Atlântis e impedir a guerra entre os seres aquáticos e os seres da superfície. 


Para isso, Arthur precisa aceitar sua origem e destronar seu meio irmão ORM/Mestre dos Oceanos (Patrick Wilson) que está criando alianças com outros seres aquáticos para atacar os seres da terra. Mas Curry não está sozinho, pois Mera (Amber Heard) e o conselheiro de Atlantis Vulko (Willem Dafoe) estão do seu lado para apoiar e ensinar sobre seu legado, pois era o desejo de Atlanna (Nicole Kidman) que seu primogênito herdasse o trono de Atlantis.


Com um ritmo fluido e boas doses de aventura, Aquaman foge do atual padrão de filme de super-heróis e traz elementos do tipo Indiana Jones e Star Wars, e funciona de uma forma incrível associado a lindas cenas de luta com uma fotografia de tirar o fôlego.


Dirigido por James Wan (Invocação do Mal), Aquaman tem diálogos diretos e funcionais, ou seja, vai ser fácil a compreensão da história e da mitologia do personagem em si. 


Se você nunca leu uma HQ do Aquaman, ou assistiu a nenhum desenho da Liga da Justiça, não se preocupe, o filme é redondinho. Mas agora se você é leitor, a felicidade vai ser sua companheira, pois as referencias aos gibis estão lá (procure os encadernados do Aquaman dos Novos 52). 


Com 2h22m de duração, Aquaman estréia no Brasil dia 13 de Dezembro no cinemas e é um filme que vale o ingresso. E só mais um aviso, há uma cena pós crédito.

Eddy Silva
2 comentários via Blogger
comentários via Facebook

2 comentários

  1. Aiii estou mega curiosa para assistir. Acho que hoje ou amanhã vou no cinema. Não vejo a hora :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Me diverti bastante com esse filme. Realmente não precisa ter lido as HQ's pra entender, pois eles explicam desde a origem. E fiquei apaixonada pelas imagens, estavam muito bonitas.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!