Resenha + Sorteio | Daniel, Daniel, Daniel (Wesley King)

Daniel, Daniel, Daniel
Wesley King
R$ 37,89
ISBN-13: 9788579804526
ISBN-10: 8579804523
Ano: 2019 / Páginas: 280
Idioma: português
Editora: Rocco Jovens Leitores

Daniel é o reserva do time de futebol da escola, e isso significa que ele é basicamente o garoto da água. Ele gasta todo o tempo dos treinos arrumando e organizando os copos para seu time – e rezando para que ninguém perceba. Na verdade, Daniel passa a maior parte do tempo esperando que ninguém note seus hábitos estranhos – ele os chama de Choques. Eles incluem ter uma lista de números "ruins" e evitar escrevê-los, por exemplo, ou ligar e desligar o interruptor dezenas de vezes até se sentir bem de novo.
Daniel acha que é maluco e esconde essa impressão sobre si mesmo, principalmente de seus pais, seu melhor amigo Max e Raya, a garota por quem é secretamente apaixonado.
Sua vida fica ainda mais estranha quando ele recebe um bilhete misterioso com um pedido de ajuda assinado pela "Colega das Crianças das Estrelas", seja lá o que isso significa. E de repente, Daniel, que era um zé-ninguém na escola, se vê dentro da investigação de um grande mistério.
Este livro é sobre se sentir diferente e deslocado e encontrar aquelas pessoas que conseguem enxergar e entender você de verdade.

Daniel é um garoto de 13 anos e tem TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo, só que ele não
sabe o que é isso. Ele sabe que é diferente, mas acha que é a única pessoa que é assim. Daniel
tem medo de falar como se sente, como os números o aterrorizam e por isso ele é ruim em
matemática e como é uma tortura para ele conseguir dormir. Sério, gente, é angustiante ver
todo o sofrimento que ele passa todas as noites pra conseguir dormir, porque ele tem uma série de
coisas pra fazer e se não fizer tudo certinho ele acha que vai morrer. Os pais até percebem
algum comportamento estranho, mas nunca se aprofundam na conversa. Daniel gosta de
escrever e temos trechos da sua história.

Sara estuda na mesma escola que Daniel, mas não fala com ninguém, ela vive acompanhada
de uma monitora porque tem alguns problemas psicológicos. Um belo dia ela decide falar com
Daniel e pedir ajuda para descobrir o que aconteceu com o seu pai e isso vai levar aos
melhores momentos do livro. Sara acredita que o namorado da mãe matou o seu pai e eles
começam a investigar o cara.

Daniel está escrevendo um livro e Sara pergunta o enredo da história, e ela chega a conclusão
que ele escreve sobre solidão e isso é um reflexo da vida dele. Apesar de morar com o pai,
mãe, dois irmãos, ter um melhor amigo e gostar de uma menina que sempre o trata bem, ele
sofre sozinho, porque não quer que ninguém saiba do seu problema, não quer ser visto de uma
forma diferente. Com a Sara as coisas são diferentes, e amizade dos dois é a melhor coisa
desse livro.

Wesley King tem uma escrita boa e a leitura flui. O autor informa no fim que o Daniel tem
muito dele, acho que por ter vivido isso ele conseguiu relatar bem os momentos de crise. Eu
esperava que seria um livro que tivesse o TOC como foco, mas ele aborda outras coisas
também e pra mim o destaque foi a vida da Sara. A sensação que tive é que precisariam de
mais páginas para abordar o TOC do Daniel quando ele descobre que tem isso, fica em aberto
e até entendo o porquê, porque o autor fala sobre sua experiência, mas eu gostaria de ver o Daniel
melhor.

   
1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário

  1. Jordana!
    Como psicóloga gosto de livros que abordam problemas psicológicos e ver que o autor relata sua própria experiência e consegue uma amizade importante que o ajuda e vice-versa. Deve ser uma ótima história de se acompanhar, mesmo que pudesse ter aprofundado mais sobre a questão do TOC.

    Participo e sairá divulgação no blog.
    Rudynalva Correia Soares
    rudynalva@yahoo.com.br
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!