Resenha | Tempo de Regresso (Kristin Hannah)


Tempo de Regresso

Kristin Hannah
R$ 35,90
ISBN-13: 9788530600044
ISBN-10: 8530600045
Ano: 2019 / Páginas: 336
Idioma: português
Editora: Arqueiro
Meghann Dontess é uma mulher atormentada pela tristeza e pela solidão, e não consegue lidar com a difícil decisão que tomou na adolescência e que a fez perder tudo, inclusive o amor da irmã. Advogada de sucesso, trabalhando com divórcios, ela não acredita em relacionamentos – até que conhece o único homem capaz de fazê-la mudar de ideia.
Claire Cavenaugh está apaixonada pela primeira vez na vida. Conforme seu casamento se aproxima, ela se prepara para encarar a irmã mais velha, sempre tão dura e arrogante. Reunidas após duas décadas, essas duas mulheres que pensam não ter nada em comum vão tentar se tornar algo que nunca foram: uma família.
Sensível e divertido,Tempo de Regresso fala sobre os erros que cometemos por amor e as dores e as delícias que apenas irmãs podem compartilhar.


Por ter sido escrito por uma das minhas autoras preferidas, Kristin Hannah, Tempo de Regresso foi um dos lançamentos mais esperados por mim. Assim que consegui meu exemplar, ele furou a fila de leitura.

Os capítulos são alternados entre 3 personagens. As irmãs Meghann e Claire, que já foram muito próximas quando eram mais novas, mas algo aconteceu no passado que abalou a relação das irmãs e Joe, um cara que se culpa por algo e que vive como andarilho há 3 anos.

Meghann é uma advogada bem sucedida no ramo de divórcio, ela já foi casada mas por causa da infância conturbada que teve com a mãe, não acredita em casamento. Ela nunca conheceu o pai e desde pequena era a responsável pelo cuidado da sua irmã mais nova, Claire. Meghann vive em função do trabalho e critica a irmã nesse aspecto, porque ela não fez faculdade e não tem grandes ambições profissionais. 

Claire ao contrário de Meghann, conheceu seu pai e trabalha com ele. Sempre sonhou em se casar, quando descobriu que estava grávida, também descobriu que o pai da sua filha era casado. Sua filha não tem contato com o pai e Claire vivia bem assim, até que ela conhece um cara e tudo o que mais quer é casar com ele.

Vamos acompanhando a vida das duas irmãs, até que algo acontece e elas se deparam com situações que não esperavam. A relação delas é bem complicada, a conversa não é natural, a mágoa do passado está sempre presente e elas sempre interpretam mal o que a outra fala. Confesso que tinha horas que isso irritava, mas entendo que fazia parte da reconstrução dessa relação.

Os capítulos que eu mais gostava de ler eram do Joe, por causa de todo o mistério que o cercava, estava bem curiosa pra saber o que tinha acontecido para que ele estivesse naquela situação e de que maneira a vida dele ia se cruzar com a das irmãs. Gostei da forma que as histórias se conectaram.

Tinhas grandes expectativas pra essa leitura, mas diferentemente dos outros livros que li da Kristin, esse não me fez chorar, não consegui me conectar com os personagens a esse ponto. É um bom livro, gosto muito da escrita da autora, mas eu senti falta de algo que não sei explicar. Pra mim o drama das irmãs poderia ser resumido, demora muito a acontecer algo efetivamente. A história vai melhorando quando elas vão se entendendo e fica mais claro o que elas sentam uma pela outra. Esse apoio e união é bonito de ver.


By Renata Kerolin
1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário

  1. Apesar de conhecer muito pouco das letras da autora, este lançamento dela tem realmente causado impressões diferentes. Muitos leitores gostaram demais, outros sentiram falta desta emoção que você cita acima.
    Eu amo dramas familiares e por isso, espero de coração, poder conferir a obra sim!!!
    Beijo

    Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, ele é muito importante para mim!